SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue1Effects of a neuromuscular training program on the maximal Oxygen consumption and vertical jump in beginning volleyball playersBody composition and somatotype in overweight and obese women pre- and post-circuit training or jogging author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692On-line version ISSN 1806-9940

Abstract

OKANO, Alexandre Hideki et al. Comparação entre limiar anaeróbio determinado por variáveis ventilatórias e pela resposta do lactato sanguíneo em ciclistas. Rev Bras Med Esporte [online]. 2006, vol.12, n.1, pp.39-44. ISSN 1806-9940.  https://doi.org/10.1590/S1517-86922006000100008.

Muitas investigações têm demonstrado que a coincidência entre os limiares ventilatórios e os limiares que se utilizam da resposta do lactato nem sempre ocorre, sugerindo que não existe relação entre causa e efeito entre os fenômenos. Dessa forma, o presente estudo teve como objetivos comparar e correlacionar os valores de consumo de oxigênio (VO2), potência (W) e freqüência cardíaca (FC) obtidos por protocolos de determinação do limiar ventilatório (LV) e limiar anaeróbio individual (IAT). A amostra foi constituída por oito ciclistas de níveis paulista e nacional (idade: 27,88 ± 8,77 anos; massa corporal: 65,19 ± 4,40kg; estatura: 169,31 ± 5,77cm). O IAT foi determinado iniciando-se com aquecimento de três minutos a 50W com aumentos progressivos de 50W.3min-1 até a exaustão voluntária, com as coletas de sangue aos 20 segundos finais de cada estágio e durante a recuperação. Para a determinação do LV, utilizou-se o mesmo protocolo adotado para a determinação do IAT, porém, sem efetuar as coletas de sangue. O LV foi identificado pelas mudanças da ventilação pulmonar e dos equivalentes ventilatórios de O2 e CO2. O teste t de Student não revelou diferenças estatisticamente significantes em nenhuma das variáveis obtidas. As associações encontradas foram altas e significativas. O VO2 (ml.kg-1.min-1), P (W) e FC (bpm) correspondente ao LV e IAT, e as associações entre as variáveis foram, respectivamente, de: 48,00 ± 3,82 vs 48,08 ± 3,71 (r = 0,90); 256,25 ± 32,04 vs 246,88 ± 33,91 (r = 0,84); 173,75 ± 9,18 vs 171,25 ± 12,02 (r = 0,97). De acordo com os resultados obtidos, pode-se concluir que o IAT e o LV produzem valores semelhantes de VO2, W e FC, o que favorece a adoção do LV por ser um método não-invasivo para determinação do limiar anaeróbio em ciclistas.

Keywords : Limiar anaeróbio; Resposta do lactato sanguíneo; Ciclistas.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License