SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue2Effectiveness of the open and closed kinetic chain exercises in the treatment of the patellofemoral pain syndromePhysical training during nutritional recovery does not affect the muscular glucose metabolism in rats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

PIRES, Flávio de Oliveira et al. Caracterização da curva do lactato sanguíneo e aplicabilidade do modelo Dmax durante protocolo progressivo em esteira rolante. Rev Bras Med Esporte [online]. 2006, vol.12, n.2, pp. 71-75. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922006000200003.

PROPÓSITO: Caracterizar o comportamento do lactato sanguíneo ([La]), durante protocolo progressivo em esteira rolante, e investigar a aplicabilidade do modelo Dmax na detecção do limiar de lactato (LL) e rendimento esportivo. MÉTODOS: Vinte e sete homens atletas de nível regional executaram protocolo de Heck et al. (1985), com incrementos a cada três minutos. O rendimento esportivo foi obtido pela velocidade média da prova de 10km. O 1º e 2º LL foram determinados através de análise visual da curva das [La] (LLv1 e LLv2) e por interpolação na velocidade referente às concentrações de 2,0 e 3,5mmol.l1 (LL2,0 e LL3,5). O modelo Dmax identificou o LL em valores medidos (DmaxMED) e preditos pelas funções polinomial (DmaxPOL), linear de dois segmentos (DmaxSEG) e exponencial contínua (DmaxEXP). A característica do lactato sanguíneo durante o teste incremental foi verificada pelos ajustes linear de dois segmentos e exponencial contínua. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre o somatório dos resíduos quadrados dos ajustes de curva, porém, houve tendência de melhor ajuste exponencial contínua em 70,4% da amostra. Enquanto não houve diferença significativa entre os DmaxMED, DmaxPOL, DmaxSEG e DmaxEXP, os métodos Dmax foram maiores do que LLv1, menores do que LL3,5 e não diferentes de LL2,0. Todos os critérios Dmax foram significativamente menores do que a velocidade média da prova de 10km. CONCLUSÕES: Enquanto as [La] tenderam a um aumento exponencial durante protocolos progressivos em esteira rolante, o modelo Dmax apresentou evidências da sua aplicabilidade para a detecção do LL, mas não do rendimento esportivo.

Keywords : Ajustes de curva; Protocolo progressivo; Limiar de lactato.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese