SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3Assessment of explosive strength-endurance in volleyball players through vertical jumping testAdaptation of the VO2000 gas analiser's mask to mensuration of cardiorespiratory parameters in swimming author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

DEMINICE, Rafael; GABARRA, Lucas; RIZZI, Arthur  and  BALDISSERA, Vilmar. Série de treinamento intervalado de alta intensidade como índice de determinação da tolerância à acidose na predição da performance anaeróbia de natação. Rev Bras Med Esporte [online]. 2007, vol.13, n.3, pp. 185-189. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922007000300011.

O objetivo do presente estudo foi determinar a tolerância à acidose através de uma série de nados intervalados de alta intensidade e relacionar com a velocidade de limiar anaeróbio (VLan), concentração de lactato sanguíneo de pico ([Lac]pico), capacidade de trabalho anaeróbio (CTA), freqüência de braçada (fB), comprimento de braçada (CB) e índice de braçada (IB) na predição da performance de 100m de natação. Dez nadadores realizaram seis nados máximos de 100m no estilo crawl com intervalo de seis minutos. Amostras de sangue foram coletadas cinco minutos após cada nado para posterior análise de lactacidemia ([Lac]). Através da razão entre [Lac] e os respectivos tempos de execução dos seis nados, determinou-se a tolerância à acidose (TA). O número de braçadas realizadas durante os seis esforços foi anotado para determinação da fB, CB, IB. Um nado máximo de 100m foi utilizado como parâmetro de performance (P100) e amostras de sangue foram coletadas para determinação da concentração de lactato sanguíneo de pico ([Lac]pico). Três esforços progressivos de 400m foram realizados para determinação da VLan correspondente à concentração fixa de 3,5mM de lactato. Esforços máximos de 200 e 400m foram realizados para determinação da CTA por regressão linear (coeficiente linear). Os resultados apresentaram significativas correlações (p < 0,05) da TA com VLan (r = 0,77), [Lac]pico (r = 0,81), CB (r = 0,85) e IB (r = 0,84). Além disso, a P100 foi correlacionada com VLan (r = 0,88), TA (r = 0,95), [Lac]pico (r = 0,77), CB (r = 0,97) e IB (r = 0,96). Conclui-se que a TA determinada a partir de série de treinamento intervalado de alta intensidade parece ser útil para determinar a aptidão anaeróbia e predizer a performance de 100m de natação, além de ser influenciada pelo CB e IB.

Keywords : Natação; Treinamento intervalado; Tolerância à acidose; Parâmetros de braçada; Performance.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese