SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue3Finding of risk factors for injuries in high performance athleticsGenetic polymorphisms determining of the physical performance in elite athletes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

DIEFENTHAELER, Fernando; CANDOTTI, Cláudia Tarragô; RIBEIRO, Jerri  and  OLIVEIRA, Álvaro Reischak de. Comparação de respostas fisiológicas absolutas e relativas entre ciclistas e triatletas. Rev Bras Med Esporte [online]. 2007, vol.13, n.3, pp. 205-208. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922007000300015.

FUNDAMENTOS E OBJETIVO: O limiar anaeróbio, que pode ser determinado a partir do método ventilatório, tem sido proposto como um marcador de capacidade e como referência para prescrição de treinamento em exercícios de resistência aeróbia. O objetivo deste estudo foi comparar o consumo máximo de oxigênio (VO2MÁX) e o limiar ventilatório (LV) de ciclistas e triatletas, durante teste em cicloergômetro. MÉTODOS: Doze atletas do ciclismo e 13 atletas do triatlo foram submetidos a um teste de esforço máximo, para a determinação do VO2MÁX e LV, que foi mensurado por meio de medida direta, utilizando um ergoespirômetro. O valor do VO2MÁX foi considerado o maior valor mantido durante 30 segundos consecutivos durante o teste. Os equivalentes ventilatórios de oxigênio e de dióxido de carbônico, a pressão parcial de oxigênio e a pressão parcial de CO2 (PETCO2) foram plotados em um gráfico, em função da carga. A partir desses gráficos, o LV foi determinado usando o critério do aumento dos equivalentes ventilatórios com concomitante redução na PETCO2. RESULTADOS E CONCLUSÃO: Houve diferença (p < 0,05) para o VO2MÁX (57,72 ± 3,92 e 49,47 ± 5,96kg·ml-1·min-1), VO2 no LV (46,91 ± 5,96 e 42,16 ± 4,97kg·ml-1·min-1) e freqüência cardíaca máxima (FCMÁX) (188,83 ± 12,89 e 174,61 ± 13,79bpm) entre ciclistas e triatletas, respectivamente. Entretanto, não houve diferença para o %VO2MÁX no LV (81,42 ± 7,61 e 85,18 ± 6,87%), freqüência cardíaca correspondente ao LV (168,5 ± 13,79 e 157,23 ± 16,15bpm) e %FCMÁX no LV (89,23 ± 6,98 e 90,05 ± 1,04%) entre ciclistas e triatletas. Concluiu-se que ciclistas e triatletas apresentaram diferenças quanto ao seu condicionamento aeróbio, pois apresentaram adaptações fisiológicas distintas.

Keywords : Limiar ventilatório; Freqüência cardíaca; Consumo máximo de oxigênio.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese