SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue6Effects of pre-exercise ingestion of high glycemic level carbohydrate over the glycemic response and performance during strength trainingPhysical exercise in dialyzed patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

ALVES, Mariana Pace et al. Motivos que justificam a adesão de adolescentes à prática da natação: qual o espaço ocupado pela saúde?. Rev Bras Med Esporte [online]. 2007, vol.13, n.6, pp. 421-426. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922007000600013.

Acredita-se que um dos principais motivos para a adesão à prática da natação sejam os relacionados à saúde. Contudo, a literatura é carente de estudos que confrontam a incidência da saúde com outros motivos que podem justificar a adesão à prática da natação. Considerando este contexto, o presente estudo teve como objetivo identificar os principais motivos que influenciam os adolescentes a iniciar e a permanecer praticando natação, situando o papel da saúde neste contexto. A amostra foi composta por 98 adolescentes não atletas de ambos os sexos, com idades entre 13 e 18 anos. Foi construído um instrumento de coleta de dados composto por questões objetivas de caracterização do respondente, além de uma escala de opinião sobre os motivos que influenciam adolescentes a permanecer praticando natação. O estudo foi desenvolvido em três estabelecimentos de ensino-aprendizagem de natação no município do Rio de Janeiro. Para verificar a confiabilidade do instrumento de coleta de dados foi utilizado o Coeficiente Alfa, enquanto que para a análise dos dados utilizou-se recursos da estatística descritiva (média, desvio-padrão e percentual) e inferencial (ANOVA - p < 0,05). Os resultados revelaram que os motivos relacionados à saúde correspondem a 13% do total. Já a escala de opinião utilizada para verificar os motivos de permanência revelou que as categorias relacionadas à saúde que obtiveram maiores médias de pontuação, numa escala de até 2 pontos, foram: bem-estar (1,86); condicionamento físico (1,70) e prevenção de doença (1,62). A ANOVA não detectou diferenças nas respostas ao questionário atribuídas pelos indivíduos dos dois sexos. Em conclusão, ao menos na amostra estudada, o fator saúde não exerce um peso acentuado na opção de adolescentes para iniciar um programa de natação. Entretanto, motivos relacionados à saúde vão ganhando importância, constituindo-se num dos principais fatores que justificam a permanência dos indivíduos nos programas de natação.

Keywords : Promoção da saúde; Adesão; Natação; Adolescentes.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese