SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3Effects of one month detraining over health-related physical fitness in a lifestyle change programEffect of the work shift reversal on the aerobic capacity and cardiovascular responses to maximal exercise author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

CAMPAGNOLO, Paula Dal Bó; VITOLO, Márcia Regina  and  GAMA, Cíntia Mendes. Fatores associados ao hábito de assistir TV em excesso entre adolescentes. Rev Bras Med Esporte [online]. 2008, vol.14, n.3, pp. 197-200. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922008000300007.

OBJETIVO: Avaliar a freqüência com que os adolescentes assistem televisão na região Sul do Brasil e quais fatores estão associados a esse comportamento. MÉTODOS: Estudo transversal, com 722 adolescentes entre 10 e 19 anos. Foi calculado a média de horas diárias que os adolescentes assistiam televisão. Foi realizada análise de regressão logística para analisar possível associação entre fatores sociodemográfico, antropométricos, atividade física, sexo e idade, com o hábito de assistir mais do que 4 horas diárias de televisão. RESULTADOS: Entre os adolescentes estudados, 41,1% assistiam mais do 4 horas de TV por dia. A prevalência de adolescentes que assistiam > 4h de TV foi maior entre aqueles com menos de 16 anos. Ser filho de mãe com escolaridade maior do que 8 anos (OR 1,9; IC 1,25-2,89) e possuir circunferência da cintura maior do que o percentil 80 (OR 2,77; IC 1,33-5,77) foi positivamente associado ao hábito de assistir televisão mais do que 4 horas diárias. CONCLUSÕES: Maior escolaridade materna e circunferência da cintura maior do que o percentil 80 estão associados ao comportamento de assistir TV em excesso entre os adolescentes. Esses achados devem ser utilizados para direcionar a elaboração de programas de saúde pública, especialmente por meio das escolas, enfocando adolescentes com faixa etária entre 10 e 15 anos, assim como devem servir de alerta para os profissionais de saúde e educadores.

Keywords : televisão; adolescente; obesidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese