SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue4Changes in the EMG temporal pattern of pre and post-landing of ankle and foot muscles in volleyball players with functional instabilityEffects of different rest intervals in a resistance training program for trained individuals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

BARROS, Marcos André Pereira de; SPERANDEI, Sandro; SILVEIRA JUNIOR, Paulo César Soter  and  OLIVEIRA, Carlos Gomes de. Reprodutibilidade no teste de uma repetição máxima no exercício de puxada pela frente para homens. Rev Bras Med Esporte [online]. 2008, vol.14, n.4, pp. 348-352. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922008000400005.

OBJETIVO: Verificar a reprodutibilidade teste-reteste do teste de uma repetição máxima (1RM) no exercício de puxada pela frente. MÉTODOS: 26 homens adultos saudáveis e ativos (25 ± 3 anos, 76,8 ± 9,86kg, 177 ± 5,3cm, 12,5 ± 4,25% de gordura) assinaram consentimento antes de participar deste estudo. A coleta de dados foi feita em dois dias, separados por 48-72 horas. No primeiro dia, foram coletados dados antropométricos e o teste de 1RM progressivo foi realizado. Em cada tentativa, cargas progressivas de 5kg eram acrescidas até que ocorresse uma falha, quando então a carga era reduzida em três quilos e uma nova tentativa era realizada. Foram respeitados cinco minutos de intervalo entre as tentativas. No segundo dia, o teste de 1RM era repetido seguindo o mesmo protocolo. As cargas máximas dos dois dias foram comparadas utilizando o teste t pareado para o erro sistemático e a técnica de limites de concordância, para 95% do erro aleatório. RESULTADOS: O erro médio apresentado pela amostra foi de 2,9 ± 2,48kg, sendo observada diferença significativa entre os dois dias de teste (p < 0,00001). O limite de concordância para 95% do erro ficou entre -1,9 e 7,8kg. CONCLUSÃO: Este estudo mostrou tendência a aumento da carga máxima atingida no segundo dia de teste, o que aponta para a necessidade de se considerar tal diferença ao planejar e analisar estudos de força onde o teste de 1RM for utilizado.

Keywords : reprodutibilidade; treinamento de força; limites de concordância.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese