SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue6Comparative oxidative stress levels in mice submitted to two situations of organic limit: overreaching induced by swimming training and cancer author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

SILVA, Eduardo Marczwski da  and  KRUEL, Luiz Fernando Martins. Caminhada em ambiente aquático e terrestre: revisão de literatura sobre a comparação das respostas neuromusculares e cardiorrespiratórias. Rev Bras Med Esporte [online]. 2008, vol.14, n.6, pp. 553-556. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922008000600016.

O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão de literatura sobre a comparação das respostas neuromusculares e cardiorrespiratórias durante a caminhada em meio aquático e em meio terrestre. As respostas foram apresentadas para a caminhada em piscina rasa e para a caminhada em piscina funda. Em relação à caminhada em piscina rasa, as respostas neuromusculares (sinal EMG) e cardiorrespiratórias (FC e VO2) são muito dependentes da velocidade do exercício. As respostas neuromusculares podem ser menores no meio aquático quando a velocidade da caminhada é menor nesse ambiente. Por outro lado, quando o exercício é realizado com velocidades similares, a atividade dos músculos propulsores pode ser superior durante a caminhada aquática. Da mesma forma, respostas cardiorrespiratórias maiores são registradas no exercício aquático quando velocidades similares de caminhada são utilizadas. Contudo, com velocidades menores, essas respostas são semelhantes ou menores que as encontradas em meio terrestre. No que diz respeito à caminhada em piscina funda, as respostas neuromusculares diferem daquelas encontradas durante a caminhada em meio terrestre devido à ausência das forças de reação com o solo. Essa característica possivelmente modifica os músculos envolvidos na produção de força propulsiva nesse exercício. Além do mais, durante a caminhada em piscina funda, as respostas cardiorrespiratórias parecem sempre mais baixas devido à grande redução no peso hidrostático e à menor atividade dos músculos posturais e pela utilização do cinturão flutuador nessa modalidade.

Keywords : caminhada em piscina rasa; caminhada em piscina funda; respostas fisiológicas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese