SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 issue5Effect of the Use of the Active Ankle System Stabilizer in The Vertical Jump Height in Volleyball PlayersPhysical exercise dependence: mood, quality of life in amateur and professional athletes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692On-line version ISSN 1806-9940

Abstract

SELISTRE, Luiz Fernando Approbato; TAUBE, Oswaldo Luiz Stamato; FERREIRA, Luciano Maia Alves  and  BARROS JR, Edson Alves. Incidência de lesões nos jogadores de futebol masculino sub-21 durante os Jogos Regionais de Sertãozinho-SP de 2006. Rev Bras Med Esporte [online]. 2009, vol.15, n.5, pp.351-354. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922009000600006.

INTRODUÇÃO: O futebol, o esporte mais popular e praticado pelo mundo, é também uma das modalidades esportivas onde o atleta é submetido a diversos tipos e intensidades de esforços. Atualmente essa modalidade sofreu modificações, deixando de dar ênfase à técnica e passando a privilegiar os componentes físicos, aumentando assim a probabilidade da ocorrência de lesões. OBJETIVO: Realizar um levantamento epidemiológico das lesões no Futebol de Campo Sub-21 durante os 50°s Jogos Regionais de Sertãozinho de 2006. METODOLOGIA: Este é um trabalho do tipo epidemiológico descritivo e analítico, com desenho transversal. Realizou-se o acompanhamento de todas as partidas da modalidade, registrando as lesões ocorridas, seguido de um levantamento e caracterização das lesões. As mesmas foram classificadas de acordo com seu perfil e segmento anatômico, posteriormente divididas por posição dos atletas. RESULTADOS: Houve maior incidência das lesões nos membros inferiores, com 127 (74,7%); quanto ao perfil, as lesões musculares foram mais prevalentes, com 64 (37,6%) lesões. Os atletas do meio-campo foram os mais acometidos, com 72 (42,4%) lesões. Dentro da classe de goleiros e defensores a maior prevalência de contusões foi de sete (63,6%) e 11 (50%), respectivamente. Já os atacantes, laterais e meio-campistas apresentaram como predomínio as lesões musculares, sendo os primeiros com 11 (36,7%), seguidos de 12 (34,3%) dos laterais e 33 (45,8%) dos meio-campistas. CONCLUSÃO: Constatou-se que ocorreu maior índice de lesões em membros inferiores, sendo estas caracterizadas como as musculares de maior prevalência. Demonstrou-se ainda que as lesões apresentadas estão diretamente relacionadas com as características de cada posição.

Keywords : atleta; epidemiologia; membros inferiores.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License