SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1Body composition estimation and agreement analysis between bipolar and tetrapolar bioelectrical impedance analyzersPrevalence of premenstrual syndrome in athletes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

FERMINO, Rogério César; PEZZINI, Mariana Ramos  and  REIS, Rodrigo Siqueira. Motivos para prática de atividade física e imagem corporal em frequentadores de academia. Rev Bras Med Esporte [online]. 2010, vol.16, n.1, pp. 18-23. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922010000100003.

O objetivo deste estudo foi identificar os motivos para a prática de atividade física e analisar sua relação com a imagem corporal em adultos frequentadores de academia. A amostra foi selecionada de maneira intencional entre os indivíduos que frequentavam as atividades oferecidas pelo centro de esportes da PUCPR, sendo que 90 sujeitos (50% de homens) completaram as etapas da pesquisa. Foram realizadas medidas antropométricas (massa corporal, estatura e dobras cutâneas) e aplicado um questionário contendo perguntas sobre motivos para a prática de atividade física e a escala de avaliação da figura corporal. A avaliação dos riscos relacionados com o sobrepeso/obesidade foi realizada com base no percentual de gordura (%G) e índice de massa corporal (IMC). Os escores de motivos para a atividade física e da imagem corporal foram comparadas entre os sexos, categorias de %G e IMC através do teste t de medidas independentes e correlação de Pearson. A regressão linear múltipla foi utilizada para analisar a associação entre as variáveis de estudo. Os maiores escores foram encontrados nas questões saúde e aptidão física. Para as mulheres e aqueles com %G elevado, o motivo harmonia apresentou diferença significativa. Mulheres, indivíduos com %G elevado e com excesso de peso apresentaram maior insatisfação com a imagem corporal. O motivo controle de peso e harmonia está associado ao %G, IMC (exceto para harmonia) e insatisfação com a imagem corporal. As análises parciais demonstraram que o controle de peso não estava associado com a insatisfação corporal após ajuste para as variáveis controladoras em ambos os modelos e a variável harmonia apresentou associação apenas no primeiro modelo. Conclui-se que os motivos mais importantes foram saúde e aptidão física e que a insatisfação com a imagem corporal parece estar mais associada a aspectos relacionados com o bem-estar do que com a condição física.

Keywords : motivação; exercício; autoimagem; tipo físico; índice de massa corporal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese