SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número3Avaliação descritiva sobre o uso de esteroides anabolizantes e seu efeito sobre as variáveis bioquímicas e neuroendócrinas em indivíduos que praticam exercício resistidoReprodutibilidade do teste de 1-RM em indivíduos com doença arterial obstrutiva periférica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

versão impressa ISSN 1517-8692

Resumo

MEURER, Maurício Couto; PACHECO, Adriana Moré; PACHECO, Ivan  e  SILVA, Marcelo Faria. Análise da influência da bandagem funcional de tornozelo no tempo de reação do fibular longo em sujeitos saudáveis. Rev Bras Med Esporte [online]. 2010, vol.16, n.3, pp.196-200. ISSN 1517-8692.  https://doi.org/10.1590/S1517-86922010000300008.

OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi analisar a influência da bandagem funcional de tornozelo no tempo de reação do fibular longo de indivíduos sadios. MÉTODOS: A amostra foi composta por oito indivíduos do gênero masculino, fisicamente ativos, sem histórias prévias de lesões de tornozelo e, com os resultados negativos aos testes de instabilidade articular de tornozelo. Foram usados como instrumentos da pesquisa, a bandagem funcional de tornozelo tipo bota fechada, para realizar o teste uma plataforma capaz de inclinar 30o no plano frontal simulando a entorse lateral do tornozelo e um eletromiógrafo de oito canais (Bortec Electronics Incorporation, Canadá) para aquisições dos sinais eletromiográficos. Os sinais EMG foram coletados juntamente com o sinal da plataforma (sincronismo). A coleta dos dados foi realizada em dois momentos, primeiramente sem a bandagem e logo após com a bandagem. RESULTADOS: Os indivíduos tinham idade média de 23,3 anos (± 2,8), massa corpórea de 74,4kg (± 9,4), estatura de 1,7m (± 0,4) e IMC de 23,7kg/m2 (± 2,4). O estudo encontrou diferença estatisticamente significativa p = 0,018 na situação da bandagem funcional de tornozelo com diminuição do tempo de reação do fibular longo. CONCLUSÃO: Acreditamos que esta melhora se deva ao íntimo contato da bandagem com os receptores cutâneos do tornozelo, aumentando a ativação do reflexo fibular, com consequente ganho proprioceptivo e, assim, aumentando a habilidade dos sujeitos em responder a situações súbitas de entorses. O estudo demonstrou diminuição no tempo de reação do fibular longo de indivíduos sadios com o uso da bandagem funcional de tornozelo quando submetidos à inclinação lateral súbita do tornozelo.

Palavras-chave : tornozelo; bandagem; tempo de resposta eletromiográfica.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons