SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue5Caffeine influence on blood pressure response to aerobic exercise in hypertensive subjectsInfluence of sexual maturation in lactate threshold in female soccer players author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

BUZZACHERA, Cosme Franklim et al. Comparação das respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas durante caminhada em ritmo autosselecionado por mulheres adultas de três diferentes faixas etárias. Rev Bras Med Esporte [online]. 2010, vol.16, n.5, pp. 329-334. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922010000500002.

Comparar as respostas fisiológicas, perceptuais e afetivas durante caminhada em ritmo autosselecionado por mulheres adultas de três diferentes faixas etárias. Métodos: Foram investigados 66 sujeitos do sexo feminino, previamente sedentários, distribuídos de acordo com a sua idade cronológica nos seguintes grupos: GI (20,0-25,0 anos, n = 22), GII (30,0-35,0 anos, n = 22) e GIII (40,0-45,0 anos, n = 22). Todos os participantes foram submetidos a (i) pré-avaliação médica, avaliação antropométrica e processo de familiarização, (ii) teste incremental máximo em esteira, e (iii) um teste de 20-minutos de caminhada em ritmo autosselecionado em esteira. As respostas fisiológicas (consumo de oxigênio, O2, e frequência cardíaca, FC) foram mensuradas continuamente durante a realização do teste de 20-minutos de caminhada em ritmo autosselecionado. Por sua vez, as respostas perceptuais (percepção subjetiva de esforço, PSE) e afetivas foram determinadas a cada intervalo de cinco minutos do teste. Para a análise estatística, empregou-se uma ANOVA de um fator (faixa etária), adotando-se um valor de p < 0,05. Resultados: Nenhuma diferença significativa foi verificada entre os grupos etários no O2 e na FC durante teste de 20-minutos de caminhada em ritmo autosselecionado. A velocidade de caminhada também foi similar entre os grupos etários. Contudo, as respostas fisiológicas relativas aos valores máximos (%O2Máx e %FCMáx) e aos valores no limiar ventilatório (LV, %O2LV e %FCLV) foram mais elevadas em GIII comparativamente à GI e GII (p < 0,05). Nenhuma diferença foi verificada tanto na PSE como no afeto entre os grupos etários. CONCLUSÃO: As respostas fisiológicas, porém não as respostas perceptuais e afetivas, diferem de acordo com a faixa etária investigada durante realização de caminhada em ritmo autosselecionado por mulheres adultas, previamente sedentárias.

Keywords : exercício físico; envelhecimento; psicofisiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese