SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue4Inteferential current effect, 2000Hz, on the pain induced thresholdTraining load monitoring in judo: comparison between the training load intensity planned by the coach and the intensity experienced by the athlete author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

FAVARO, Edimar; SEVERINO, Nilson Roberto; FAVARO, Tarciso  and  HERNANDEZ, Arnaldo José. Importância do ligamento femoropatelar medial no deslocamento e na inclinação lateral da patela: estudo radiográfico em cadáveres. Rev Bras Med Esporte [online]. 2011, vol.17, n.4, pp. 261-265. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922011000400010.

OBJETIVO: A luxação aguda da patela é uma afecção complexa que afeta principalmente pacientes jovens. Sua fisiopatologia é pouco conhecida e sua compreensão e conduta terapêutica são controversas. O ligamento femoropatelar medial (LFPM) é o principal estabilizador estático para a prevenção do deslocamento lateral da patela. Com o objetivo de avaliar a estabilidade da articulação femoropatelar, os autores avaliam radiograficamente a presença, ou não, de deslocamento e inclinação lateral da patela, antes e após a secção do LFPM em joelhos de cadáveres. MÉTODOS: Trinta joelhos de cadáveres foram radiografados na incidência axial da patela, por meio da técnica descrita por Merchant antes e após a secção do LFPM. Foram mensurados os ângulos de congruência de Merchant e femoropatelar lateral de Laurin. RESULTADOS: O ligamento femoropatelar medial apresentou média de 4,8cm de comprimento e 1,6cm de largura. Em seis peças anatômicas não ocorreu mudança no ângulo femoropatelar lateral de Laurin (20%), em três peças anatômicas a mudança foi de um grau (10%), em 20 (67%), dois graus e uma peça anatômica quatro graus (3%). As mudanças ocorreram entre zero e dois graus, em 97% dos joelhos de cadáveres. Em cinco peças anatômicas não ocorreu mudança no ângulo de congruência de Merchant (17%); em seis, foi de um grau (20%); em 17, dois graus (57%); em uma, três graus (3%); e em uma, seis graus (3%).Estas mudanças ocorrem entre zero e dois graus em 93% dos joelhos de cadáveres). CONCLUSÕES: A análise dos resultados obtidos neste estudo permite concluir que o ligamento femoropatelar medial tem importância na inclinação e no deslocamento lateral da patela com o joelho fletido em 45º.

Keywords : ligamento femoropatelar medial; radiografia; deslocação; estudo em cadáver; patela.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese