SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue4Oxygen uptake kinetics and delta mechanical efficiency response of men and women at different exercise intensitiesParameters, considerations and modulation of programs physical exercise for patient oncologic: a systematic review author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

BRITO, Vitor Caiaffo et al. Impacto da desnutrição e do treinamento aeróbico moderado sobre a estrutura da parede arterial de ratos em processo de envelhecimento. Rev Bras Med Esporte [online]. 2011, vol.17, n.4, pp. 279-283. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922011000400014.

Foram avaliadas as repercussões tardias da desnutrição multicarencial imposta no período de aleitamento e os possíveis efeitos e/ou alterações tanto do processo de envelhecimento como do treinamento físico aeróbio moderado sobre o diâmetro luminal e a área da túnica média da parede das artérias carótida comum esquerda, aorta horizontal e aorta torácica de ratos em processo de envelhecimento. Vinte e quatro ratos machos, Wistar, foram separados de acordo com a dieta e o treinamento físico em: GNS - nutrido sedentário, GNT - nutrido treinado, GDS - desnutrido sedentário e GDT - desnutrido treinado. Aos 10 meses, o GNT e o GDT foram submetidos ao treinamento, em meio aquático, durante oito semanas. Em seguida, os ratos foram anestesiados, sacrificados e, posteriormente, foram coletados fragmentos arteriais para o processamento histológico. A área da túnica média foi mensurada através da diferença entre as áreas externa e interna da parede arterial e o diâmetro luminal foi mensurado a partir da média de dois diâmetros medidos a partir de quatro pontos marcados na camada interna do vaso. A área da túnica média apresentou redução na aorta horizontal quando comparamos os grupos GNS x GDS (p = 0,015) e um aumento da artéria carótida comum esquerda entre os grupos GNT e GNS (p < 0,001). A aorta torácica apresentou um aumento do diâmetro luminal ao compararmos o GDS com o GDT (p= 0,041). Tanto a desnutrição multicarencial induziu alterações parciais na parede aorta horizontal, como também o treinamento físico foi capaz de promover mudanças na área da túnica média da artéria carótida comum esquerda e no diâmetro luminal da aorta torácica.

Keywords : treinamento aeróbio moderado; remodelamento arterial; envelhecimento; aorta; desnutrição.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese