SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número3Elaboração de tabelas de percentis através de parâmetros antropométricos, de desempenho, bioquímicos, hematológicos, hormonais e psicológicos em futebolistas profissionaisResposta da frequência cardíaca e da concentração de lactato após cada segmento do triathlon olímpico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

versão impressa ISSN 1517-8692

Resumo

ARAUJO, Mauricio Pires de; BARELA, José Angelo; CELESTINO, Melissa Leandro  e  BARELA, Ana Maria Forti. Contribuição de diferentes conteúdos das aulas de educação física no ensino fundamental I para o desenvolvimento das habilidades motoras fundamentais. Rev Bras Med Esporte [online]. 2012, vol.18, n.3, pp. 153-157. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922012000300002.

INTRODUÇÃO E OBJETIVO: Este estudo investigou a contribuição das aulas de educação física (EF) no ensino fundamental I para o desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais de crianças de duas escolas públicas da mesma região da cidade de São Paulo, e se a prática de esportes radicais, além das aulas de EF, poderia diferenciar tal desenvolvimento. MÉTODOS: Dezenove crianças (9,5 ± 0,3 anos) que tiveram semanalmente duas aulas de EF formaram o grupo controle (GC) e 22 crianças (9,6 ± 0,5 anos) que tiveram semanalmente duas aulas de EF e três aulas de esportes radicais formaram o grupo experimental (GE). Todas as crianças foram filmadas realizando as habilidades motoras dos subtestes locomotor e controle de objetos do Test of Gross Motor Development (TGMD-2). As filmagens foram analisadas posteriormente e escores brutos foram atribuídos de acordo com a qualidade do movimento observado, e idade motora equivalente também foi estimada para os dois subtestes. RESULTADOS: Os resultados indicaram que as crianças do GE apresentaram escores brutos maiores que as crianças do GC no subteste locomotor e os dois grupos apresentaram escores brutos similares no subteste controle de objetos. Ainda, as crianças do GE apresentaram idade motora equivalente maior que a idade cronológica no subteste locomotor enquanto que as crianças do GC não apresentaram diferença entre as duas idades, e os dois grupos não apresentaram diferenças entre idade motora equivalente e idade cronológica no subteste controle de objetos. CONCLUSÃO: Com base nos resultados, concluímos que aulas de EF nos quatro primeiros anos do ensino fundamental I contribuíram adequadamente para o desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais, uma vez que os dois grupos não apresentaram idade motora equivalente inferior à idade cronológica; e que aulas de esportes radicais contribuíram ainda mais para o desenvolvimento de habilidades locomotoras.

Palavras-chave : desenvolvimento motor; esportes radicais; avaliação motora; TGMD-2.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês