SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue3Influence of the performance level in badminton players in neuromotor aspects during a target-pointing task author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Abstract

TERRA, Rodrigo; SILVA, Sílvia Amaral Gonçalves da; PINTO, Verônica Salerno  and  DUTRA, Patrícia Maria Lourenço. Efeito do exercício no sistema imune: resposta, adaptação e sinalização celular. Rev Bras Med Esporte [online]. 2012, vol.18, n.3, pp. 208-214. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922012000300015.

INTRODUÇÃO: Durante o último século, o homem tornou-se menos ativo fisicamente, adotando hábitos cada vez mais sedentários. Isto promoveu aumento na incidência de doenças crônicas tais como doenças cardiovasculares, diabetes do tipo 2 e síndrome metabólica. A prática de atividade física pode influenciar o estado de higidez alterando estados metabólicos e também o sistema imunológico. OBJETIVO: Revisar na literatura estudos que abordem os efeitos promovidos pelo exercício físico no desenvolvimento da resposta imunológica e suas possíveis vias de transdução de sinais. MÉTODOS: Foram consultadas as bases de dados SciELO e PubMed. RESULTADOS: A literatura disponível mostra que durante a prática de exercício, várias subpopulações de leucócitos são alteradas de acordo com a intensidade e duração da atividade desempenhada. Exercícios de intensidade moderada estimulam uma resposta pró-inflamatória, enquanto aqueles de alta intensidade tendem a promover respostas anti-inflamatórias visando diminuir os danos na musculatura esquelética. Tais alterações são vistas em células apresentadoras de antígeno (como macrófagos e células dendríticas), neutrófilos, células natural killers (NK) e em moléculas de superfície como os receptores do tipo Toll (TLR) e do complexo principal de histocompatibilidade de classe II (MHC II), além das modificações promovidas em todo o repertório de citocinas. CONCLUSÃO: O estado atual do conhecimento permite considerar que as alterações no sistema imune são dependentes dos parâmetros inerentes ao exercício e que para que todas estas alterações ocorram, algumas cascatas de sinalização celular são acionadas, dando origem a um complexo processo de fosforilação/desfosforilação que culmina em ativação de fatores de transcrição, tradução de RNAm, síntese proteica e proliferação celular.

Keywords : atividade física; citocinas; células efetoras; sinalização celular.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese