SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número3Prevalência e fatores associados à ocorrência de lesões durante a prática de atividade físicaImpacto do exercício na dor crônica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

versão impressa ISSN 1517-8692versão On-line ISSN 1806-9940

Resumo

GOMES, Kamilla Bolonha; CARLETTI, Luciana  e  PEREZ, Anselmo José. Desempenho em teste cardiopulmonar de adolescentes: peso normal e excesso de peso. Rev Bras Med Esporte [online]. 2014, vol.20, n.3, pp.195-199. ISSN 1806-9940.  https://doi.org/10.1590/1517-86922014200301879.

INTRODUÇÃO:

Sabe-se que o excesso de peso interfere no desempenho físico do cotidiano do adolescente e, consequentemente, na aptidão física e na capacidade cardiorrespiratória.

OBJETIVO:

O estudo objetivou identificar e comparar os valores das variáveis cardiorrespiratórias no limiar anaeróbico ventilatório (LAV) de adolescentes com peso normal e excesso de peso.

MÉTODOS:

A amostra foi composta por 140 adolescentes de ambos os sexos entre 10 e 14 anos, escolares do município de Vitória, ES, Brasil. Foram mensuradas massa corporal e estatura para cálculo do índice de massa corporal (IMC). Os adolescentes foram divididos em grupo peso normal (GPN) e grupo excesso de peso (GEP), realizaram um eletrocardiograma de repouso e um teste cardiopulmonar de exercício em esteira ergométrica (Inbrasport Super ATL) utilizando o ergoespirômetro MedGraphics Corporation e o protocolo de rampa. O LAV foi identificado pelo método V-slope e/ou equivalente ventilatório de oxigênio (VE/VO2). Foram analisadas as seguintes variáveis no LAV: consumo de oxigênio (VO2LAV ml.kg-1.min-1), frequência cardíaca (FCLAV bpm), percentuais do consumo máximo de oxigênio (%VO2máxLAV) e da FC máxima (%FCmáxLAV), e velocidade (VelLAV km/h), além do consumo máximo de oxigênio (VO2máxml.kg-1.min-1) e FC máxima (FCmáx). Foi realizado teste t de Studentnas comparações entre os grupos, considerando p<0,05 para significância estatística.

RESULTADOS:

O GPN apresentou valores significativamente maiores no LAV para VO2ml.kg-1.min-1 (20,0 ±6,4 vs 15,8 ±5,7) e velocidade (7,1 ±0,9km/h vs 6,2 ±1,1km/h), e para o VO2máx (44,6 ±7,6 vs 36,0 ±6,4) quando comparado ao GEP.

CONCLUSÃO:

Os dados sugerem que adolescentes com excesso de peso apresentam prejuízo na aptidão cardiorrespiratória não somente ao nível máximo, mas também ao nível submáximo (LAV) quando comparados aos adolescentes com peso normal.

Palavras-chave : consumo de oxigênio; adolescente; aptidão física; limiar anaeróbio.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )