SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue3The influence of training in scapular dyskinesia of volleyball players: a prospective studyIncidence, type and nature of injuries on athletes of Rugby São José at the 2014 season author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692On-line version ISSN 1806-9940

Abstract

OZAKI, Guilherme Akio Tamura et al. Análise termogravimétrica da cartilagem articular de ratos exercitados após imobilização. Rev Bras Med Esporte [online]. 2015, vol.21, n.3, pp.210-214. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/1517-869220152103139303.

INTRODUÇÃO:

A imobilização articular é uma técnica de tratamento frequentemente utilizada na ortopedia e, associada ao processo de senescência, promove alterações tanto na estrutura quanto na síntese e biomecânica do tecido cartilaginoso.

OBJETIVO:

Descrever os efeitos da imobilização, da remobilização livre e por meio de exercício físico sobre a cartilagem articular de ratos situados em duas faixas etárias.

MÉTODOS:

Trinta e nove ratos Wistar divididos em dois grupos etários, um grupo adulto (cinco meses de idade) e um idoso (15 meses de idade), subdivididos em: controle, imobilizado, remobilizado livre e remobilizado por meio de exercício físico. Os membros posteriores dos ratos foram imobilizados por sete dias. O protocolo de exercícios foi composto por cinco sessões diárias de natação, de 25 minutos cada. A cartilagem articular do quadril foi submetida à análise termogravimétrica, tendo sido avaliado seu conteúdo de água.

RESULTADOS:

Nos animais adultos a imobilização reduziu a quantidade de água presente no tecido cartilaginoso, e os protocolos de remobilização foram eficazes para restabelecer a condição inicial do tecido. Nos animais idosos não houve diferença significativa entre os grupos, porém o grupo idoso controle obteve resultado significantemente menor que o grupo adulto controle (X: 13,10 ± 5,24 vs 10,70 ± 1,95).

CONCLUSÕES:

A imobilização e o processo de senescência induzem a diminuição do conteúdo de água da cartilagem articular e os protocolos de remobilização foram eficientes para restabelecer esta propriedade apenas nos animais adultos.

Keywords : natação; termogravimetria; fatores etários.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )