SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 número6MÉTODO ACESSÍVEL PARA MEDIÇÃO DE POTÊNCIA DE EXTENSÃO DE JOELHO EM IDOSOSLIMIAR ANAERÓBIO EM EXERCÍCIOS RESISTIDOS: ANÁLISE DE ASPECTOS METODOLÓGICOS E HEMODINÂMICOS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

versão impressa ISSN 1517-8692versão On-line ISSN 1806-9940

Resumo

GUEDES, Dartagnan Pinto  e  GUEDES, Joana Elisabete Ribeiro Pinto. MEDIDA DA ATIVIDADE FÍSICA EM JOVENS BRASILEIROS: REPRODUTIBILIDADE E VALIDADE DO PAQ-C E DO PAQ-A. Rev Bras Med Esporte [online]. 2015, vol.21, n.6, pp.425-432. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/1517-869220152106147594.

Introdução:

O Physical Activity Questionnaire for Children (PAQ-C) e o Physical Activity Questionnaire for Adolescents (PAQ-A) foram originalmente propostos para oferecer medidas autorrelatadas da prática de atividade física de jovens.

Objetivos:

Traduzir para o idioma português, realizar adaptação transcultural e analisar reprodutibilidade e validade concorrente do PAQ-C e do PAQ-A em amostra de jovens brasileiros.

Métodos:

Versões originais foram traduzidas de acordo com recomendações internacionais. Os questionários traduzidos foram administrados em amostra de 528 jovens (285 moças e 243 rapazes) com idades entre oito e 18 anos. Reprodutibilidade foi obtida por intermédio de réplicas de aplicação dos questionários, com intervalo de uma semana, envolvendo coeficiente de correlação intraclasse (CCI) e técnica de Bland-Altman. A consistência interna foi analisada mediante coeficiente alfa de Cronbach. Para análise da validade concorrente foram consideradas informações apresentadas pelo acelerômetro RT3 durante sete dias como critério de referência. Atividade física total (AFtotal) e atividade física de intensidades moderada a vigorosa (AFMV) derivadas do acelerômetro foram comparadas mediante coeficiente de correlação de Spearman com pontuações apresentadas pelos questionários.

Resultados:

Após discretas modificações apontadas no processo de tradução, um comitê de juízes considerou que as versões traduzidas do PAQ-C e do PAQ-A apresentaram equivalências semântica, idiomática, cultural e conceitual. Reprodutibilidade teste-reteste mostrou CCI entre 0,68 e 0,88. A técnica de Bland-Altman evidenciou elevada capacidade de concordância entre réplicas de aplicação dos questionários. A consistência interna mostrou α = 0,71 e α = 0,76, respectivamente. A pontuação dos questionários demostrou correlações moderadas com AFtotal (rho = 0,40; rho = 0,50) e AFMV (rho = 0,48; rho = 0,54) estimadas pelo acelerômetro. Conclusão: A tradução, adaptação transcultural, reprodutibilidade e validade concorrente do PAQ-C e do PAQ-A foram satisfatórias, o que viabiliza sua aplicação em futuros estudos no Brasil.

Palavras-chave : questionários; tradução; adaptação; psicometria; Brasil.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )