SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4SUPLEMENTAÇÃO COM AMÊNDOA DE BACURI NA COMPOSIÇÃO CORPORAL DE RATOS SUBMETIDOS AO EXERCÍCIOEXERCÍCIO DE QUEDA ALTERA AS PROPRIEDADES MECÂNICAS EM OSSO OSTEOPÊNICO índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Medicina do Esporte

versão impressa ISSN 1517-8692versão On-line ISSN 1806-9940

Resumo

DANIEL, José Francisco; MONTAGNER, Paulo Cesar; PADOVANI, Carlos Roberto  e  BORIN, João Paulo. TÉCNICAS E TÁTICAS DO BASQUETEBOL SEGUNDO SUA INTENSIDADE EM PARTIDAS OFICIAIS. Rev Bras Med Esporte [online]. 2017, vol.23, n.4, pp.300-303. ISSN 1806-9940.  http://dx.doi.org/10.1590/1517-869220172304167577.

Introdução:

O basquetebol é caracterizado como um esporte intermitente, no qual, atualmente se destaca a maior intensidade com que as ações ocorrem, exigindo para o desempenho esportivo o desenvolvimento ótimo e homogêneo dos componentes físico, técnico, tático, psicológico e intelectual. Neste sentido, o entendimento do jogo de acordo com as ações técnicas e táticas e o conhecimento das respostas do organismo são importantes para planejamento, monitoramento e controle do treinamento.

Objetivo:

O objetivo deste estudo foi descrever a intensidade das ações táticas do basquetebol e as relações entre as ações técnicas e a intensidade ao longo dos diferentes períodos do jogo (PJ).

Métodos:

Participaram deste estudo 10 atletas da elite do basquetebol masculino brasileiro (27,60 ± 5,54 anos, 192,62 ± 7,63 cm, 91,60 ± 11,51 kg, 10,66 ± 4,11% de gordura) em seis partidas da Liga Nacional de Basquetebol (LNB). Foram realizados medidas antropométricas e testes motores e foram correlacionadas as ações táticas (defensiva, ofensiva e de transição), técnicas (número de participações [NP] e índice de eficiência [IE]) e físicas (percentual da frequência cardíaca de limiar de lactato [%FClim]). O coeficiente de correlação de Spearman foi usado entre NP, IE e %FClim.

Resultados:

Os principais resultados apontam para: (1) relação positiva e significativa (exceto o 4º PJ) entre NP, IE e %FClim e (2) as ações táticas apresentaram FC próximas do limiar de lactato, sendo aparentemente a maior mediana para as transições (107,4% FClim).

Conclusão:

O jogo é intenso, com momentos de FCpico, mas a mediana está ligeiramente acima da FClim, faixa em que ocorre a melhor relação entre NP e IE.

Palavras-chave : atletas; desempenho atlético; basquetebol.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )