SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 número3(Im)Pertinent questions for the philosophy of educationThe search for the meaning of human formation: a task for the philosophy of education índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Educação e Pesquisa

versión impresa ISSN 1517-9702

Resumen

DUARTE, Newton. A contradição entre universalidade da cultura humana e o esvaziamento das relações sociais: por uma educação que supere a falsa escolha entre etnocentrismo ou relativismo cultural. Educ. Pesqui. [online]. 2006, vol.32, n.3, pp. 607-618. ISSN 1517-9702.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022006000300012.

A tese do fim das metanarrativas defendida pelo pós-modernismo implica a negação da universalidade da cultura. Não se trata apenas do fato de que a cultura humana ainda não tenha alcançado um estágio de verdadeira universalidade nem mesmo se trata do fato de que a classe dominante tenha até hoje submetido a cultura humana a seus interesses particulares de classe e, para tanto, tenha sufocado e destruído muito da riqueza contida nas culturas locais. Para o pós-modernismo, o problema não reside na visão burguesa de cultura humana, mas sim na própria idéia de que possa haver uma cultura universal. Os pós-modernos afirmam que qualquer projeto educacional pautado na idéia da existência ou da possibilidade de uma cultura universal é um projeto conservador, autoritário e etnocêntrico. O texto defende a tese de que a concepção marxiana acerca do processo histórico de constituição da riqueza humana universal contém os elementos teóricos necessários para a superação da falsa opção, postulada pelas diversas correntes do pós-modernismo, entre o etnocentrismo e o relativismo cultural. Em Marx, a universalização da cultura humana ocorre, na sociedade capitalista, por meio da universalização do valor de troca das mercadorias como mediação fundamental das relações sociais. Trata-se, portanto, de um processo dialético no qual ocorrem ao mesmo tempo a humanização e a alienação do gênero humano e dos indivíduos. O texto conclui com a apresentação dos desafios que, a partir dessa concepção marxiana sobre a riqueza universal, devem ser enfrentados no processo de construção de uma pedagogia marxista.

Palabras llave : Relativismo cultural; Marxismo; Riqueza universal; Pedagogia marxista; Pós-modernismo.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués