SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número2A produção de professores nas escolas: o Sistema de Proteção Escolar e suas articulações saber/poderSobre o conceito de justiça: como estudantes o mobilizam na discussão de dilemas morais? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Educação e Pesquisa

versão impressa ISSN 1517-9702

Resumo

SILVA, Monica Ribeiro da; PELISSARI, Lucas Barbosa  e  STEIMBACH, Allan Andrei. Juventude, escola e trabalho: permanência e abandono na educação profissional técnica de nível médio. Educ. Pesqui. [online]. 2013, vol.39, n.2, pp. 403-417.  Epub 13-Nov-2012. ISSN 1517-9702.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022012005000022.

O artigo aborda a temática das relações entre juventude e escolarização, propondo-se a discutir as razões de permanência e abandono no âmbito da educação profissional técnica de nível médio. Inicialmente, apresenta uma discussão conceitual sobre juventude, escola e trabalho para, em seguida, expor os resultados de duas pesquisas empíricas que se ocuparam de analisar o que levam os jovens a abandonar ou a permanecer na escola. Os dois cursos investigados foram definidos por possuírem, ambos, elevada procura, sendo que em um deles há alto índice de abandono, ao passo que o outro apresenta uma permanência acima da média se comparada a outras escolas de ensino médio. A análise sinaliza que a grande procura pelos cursos técnicos nas áreas pesquisadas deve-se ao fato de os jovens buscarem encontrar formação de qualidade superior, profissionalização em áreas que representam certo status ou, ainda, garantia de empregabilidade. Em uma das situações, ao se frequentar a escola, as ilusões iniciais dissolvem-se, problemas para acompanhar a realização do curso evidenciam-se e a relação entre a escola e o jovem mantém-se distante, o que leva ao abandono. Contrariamente, em outra situação, a permanência é explicada devido ao grau de experiências positivas que os jovens podem viver enquanto estão matriculados em uma instituição de tempo integral, interna e bem estruturada.

Palavras-chave : Juventude e educação; Permanência e abandono escolar; Ensino médio; Educação profissional técnica de nível médio.

        · resumo em Inglês     · texto em Português