SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue3Integrated management of childhood illness (IMCI): an innovative vision for child health careMaturation, body composition and cardiorespiratory fitness in children and adolescents in the metropolitan area of Porto, Portugal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

Print version ISSN 1519-3829

Abstract

AMORIM, Melania Maria Ramos de; SANTOS, Luiz Carlos; PORTO, Ana Maria Feitosa  and  MARTINS, Leila Katz Dias. Fatores de risco para morte materna em pacientes com pré-eclâmpsia grave/ eclâmpsia. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2001, vol.1, n.3, pp.237-247. ISSN 1519-3829.  https://doi.org/10.1590/S1519-38292001000300004.

OBJETIVOS: determinar as principais causas de óbito em pacientes com pré-eclâmpsia grave/eclâmpsia e identificar os fatores de risco associados. MÉTODOS: realizou-se um estudo de caso-controle, com todos os casos de morte materna (n = 20) em pacientes com pré-eclâmpsia grave ou eclâmpsia (n = 2.541). Selecionaram-se aleatoriamente 80 controles (sobreviventes). Determinou-se o odds ratio como estimativa do risco relativo de morte materna, realizando-se análise de regressão logística múltipla para determinação do odds ratio ajustado. RESULTADOS: as causas básicas de óbito foram: edema agudo de pulmão, coagulopatia intravascular disseminada, choque hemorrágico, embolia pulmonar, insuficiência renal aguda, e septicemia e três casos por causas indeterminadas. Os principais fatores de risco foram: idade > 25 anos, multiparidade, idade gestacional < 32 semanas, falta de pré-natal, pressão diastólica > 110mmHg, convulsões, hipertensão arterial sistêmica crônica, síndrome HELLP, edema agudo de pulmão, descolamento prematuro de placenta, coagulopatia intravascular disseminada e insuficiência renal aguda. As variáveis que persistiram associadas com morte materna foram: síndrome HELLP, eclâmpsia, edema agudo de pulmão, hipertensão crônica e falta de pré-natal. CONCLUSÕES: os principais fatores de risco para morte em mulheres com pré-eclâmpsia/eclâmpsia são falta de pré-natal associados com hipertensão crônica e complicações como síndrome HELLP, eclâmpsia e edema agudo de pulmão.

Keywords : Eclâmpsia; Hipertensão; Morte; Fatores de risco.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License