SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue2Costs and savings for the family as the result of breast feedingThe use of CRIB score as mortality predictor at neonatal intensive care unit: an extended approach author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

Print version ISSN 1519-3829

Abstract

VIEIRA, Graciete Oliveira et al. Fatores associados ao aleitamento materno e desmame em Feira de Santana, Bahia. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2004, vol.4, n.2, pp. 143-150. ISSN 1519-3829.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292004000200004.

OBJETIVOS: conhecer a prevalência do aleitamento materno e os fatores associados ao desmame das crianças menores de um ano, em Feira de Santana, no ano 2001. MÉTODOS: estudo transversal com aplicação de questionários às 2319 mães presentes nas 44 (71,1%) unidades de vacinação selecionadas, por estratificação simples. Foi calculada a razão de prevalência e considerado como significante p < 0,05 e intervalo de 95% de confiança. RESULTADOS: a prevalência do aleitamento foi 69,2% nos menores de um ano. A ocorrência da amamentação exclusiva foi maior nas crianças que não usavam chupeta (49,4%) e que mamaram no primeiro dia de vida (40,4%). As variáveis estatisticamente significantes relacionadas com as maiores chances de amamentar foram: amamentação no primeiro dia (p <0,001), mães que não trabalhavam fora do lar (p <0,001), menor renda familiar (p <0,001), multiparidade (p = 0,03) e a não utilização de chupetas (p <0,001). CONCLUSÕES: as atividades assistenciais quanto à prevenção do desmame devem estar voltadas sobretudo para as mães que trabalham fora do lar, aquelas de maior renda familiar e primíparas. Quanto às crianças, para as que não foram aleitadas no peito no primeiro dia de vida e que usam chupetas.

Keywords : Aleitamento materno; Fatores epidemiológicos; Desmame.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese