SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 issue4Early dynamic pulmonary compliance and bronchopulmonary dysplasia in preterm newborn infantsExcess weight in children from Brazilian Northeast: difference between public and private schools author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

Print version ISSN 1519-3829On-line version ISSN 1806-9304

Abstract

SOUZA JUNIOR, Julio César de; KUNKEL, Nádia; GOMES, Marcius de Almeida  and  FREITAS, Paulo Fontoura. Equidade inversa e desigualdades no acesso à tecnologia no parto em Santa Catarina, Brasil, 2000 a 2004. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2007, vol.7, n.4, pp.397-403. ISSN 1806-9304.  https://doi.org/10.1590/S1519-38292007000400007.

OBJETIVOS: investigar a evolução temporal das taxas de cesariana e fatores associados em Santa Catarina, no período de 2000 a 2004. MÉTODOS: foram utilizados dados do Sistema de Informações de Nascidos Vivos. As variáveis analisadas foram: escolaridade, idade materna, etnia/cor da pele do recém-nascido, duração da gestação e número de consultas pré-natal. Razões de prevalência de cesariana, brutas e ajustadas para confundimento, foram estimadas para cada uma das variáveis utilizando Regressão de Poisson. RESULTADOS: as taxas encontradas para o período foram o triplo daquelas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde e aumentaram de 43,3% em 2000 para 50,6% em 2004. Para todo o período razões de prevalência brutas e ajustadas mostraram-se positivamente associadas ao mais alto grau de escolaridade (RPaj=1,50; IC95%: 1,47-1,52), idade mais elevada (RPaj=2,10; IC95%: 2,05-2,15), maior freqüência ao pré-natal (RPaj=1,27; IC95%: 1,26-1,29), partos pré-termo (RPaj=1,10; IC95%: 1,06-1,13) e pós-termo (RPaj=1,22; IC95%: 1,14-1,30) e proteção para as etnias "indígena" (RPaj=0,79; IC95%: 0,75-0,85) e "não branca" (RPaj=1,10; IC95%: 1,06-1,14). Uma diminuição significante nas RPs ajustadas ao comparar os extremos do período (2000 e 2004) apareceu para quase todas as categorias estudadas. CONCLUSÕES: as taxas de cesariana encontradas estão bem acima daquelas justificando indicações estritamente médicas. Uma diminuição nas RPs ao comparar os extremos do período nos remete a uma redução temporal nos efeitos da "equidade inversa", provável reflexo de um maior acesso à tecnologia no parto entre as camadas de menor padrão socioeconômico, pelo menos em parte atribuível a uma maior liberalidade da prática obstétrica, incluindo uma ampliação das indicações médicas.

Keywords : Cesárea; Fatores de Risco; Desigualdades em Saúde; Fatores socioeconômicos; Grupos étnicos; Escolaridade; Idade materna; Saúde da mulher; População indígena.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License