SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 número2Contraceptive use and associated factors among adolescents on Santiago Island - Cape Verde - Western AfricaThe effectiveness of connective tissue massage in the treatment of primary dysmenorrhea among young women índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

versión impresa ISSN 1519-3829

Resumen

OLIVEIRA, Juliana Souza et al. Insegurança alimentar e estado nutricional de crianças de Gameleira, zona da mata do Nordeste brasileiro. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2010, vol.10, n.2, pp. 237-245. ISSN 1519-3829.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292010000200011.

OBJETIVOS: analisar a associação entre a insegurança alimentar das famílias e estado nutricional de menores de cinco anos. MÉTODOS: estudo transversal, de 501 famílias com 697 menores de cinco anos, no município da Gameleira, Pernambuco. A avaliação da (in)segurança alimentar foi realizada através da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA). A classificação do estado nutricional foi feita a partir dos indicadores estatura/idade, peso/idade e índice de massa corporal (IMC), utilizando o padrão de crescimento infantil da OMS. Foram estudados a associação de indicadores socioeconômicos, de insegurança alimentar e variáveis biológicas da criança sobre o índice estatura/idade, utilizando-se análise de regressão linear multivariada. RESULTADOS: a insegurança alimentar foi caracterizada em quase 90% das famílias, sendo a forma grave mais prevalente. Verificou-se uma prevalência baixa de déficit de peso pelo IMC e elevadas de déficit estatura/idade. O modelo final desta análise mostrou que as variáveis renda familiar per capita, escolaridade materna e idade da criança influenciaram significativamente o estado nutricional, entretanto, a EBIA não se associou com o estado nutricional das crianças. CONCLUSÕES: é evidente a discrepância entre a prevalência de insegurança alimentar nas famílias e a frequência baixa de desnutrição nas crianças, expressando que os dois indicadores avaliam aspectos e situações bem diferenciadas.

Palabras llave : Estado nutricional; Criança; Segurança alimentar e nutricional.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués