SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 suppl.1Intervention logic analysis of the National Dengue Fever Control ProgramImplementation analysis of the schistosomiasis control program in two municipalities in the zona da mata region of the Brazilian State of Pernambuco author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

Print version ISSN 1519-3829

Abstract

BONAN, Claudia; SILVA, Kátia Silveira da; SEQUEIRA, Ana Lúcia Tiziano de  and  FAUSTO, Márcia Cristina Rodrigues. Avaliação da implementação da assistência ao planejamento reprodutivo em três municípios do Estado do Rio de Janeiro entre 2005 e 2007. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2010, vol.10, suppl.1, pp. s107-s118. ISSN 1519-3829.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292010000500010.

OBJETIVOS: avaliar a implementação das ações de assistência ao planejamento reprodutivo (PR) em três municípios fluminenses e os aspectos contextuais. MÉTODOS: pesquisa avaliativa realizada entre 2005-2007. Foram realizadas entrevistas com gestores e profissionais de saúde, observação de serviços e análise de documentos. Para análise do grau de implementação do programa foi desenvolvida matriz de avaliação com três componentes - assistência, educação e gerenciamento - e estabelecidos padrões e critérios. Fontes orais e documentais possibilitaram análise do contexto de implementação. RESULTADOS: a implementação do PR no município metropolitano está avançada e nos municípios do interior é incipiente. Atividades educativas apresentaram maior conformidade com critérios do que atividades clínico-assistenciais. Irregularidade de métodos contraceptivos, problemas na oferta de contracepção cirúrgica, ausência de atenção à infertilidade e à saúde reprodutiva masculina foram aspectos frágeis. Existem equipes multiprofissionais, mas há necessidade de capacitação. No município metropolitano, o gerenciamento do programa é ponto forte, mas nos demais é débil. CONCLUSÕES: o grau de implementação da assistência ao PR se relacionou com desigualdades geopolíticas entre os municípios e aspectos do contexto institucional do SUS - pouca integração da rede assistencial e regionalização limitada. O estudo pode contribuir para institucionalização da prática de monitoramento e avaliação das ações de assistência ao planejamento reprodutivo.

Keywords : Planejamento familiar; Direitos reprodutivos; Avaliação de programas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese