SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Sociodemographic inequalities and cause of death among children aged under five years in the Brazilian State of PernambucoKnowledge of and practices regarding risk factors for breast cancer in women aged between 40 and 69 years author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

Print version ISSN 1519-3829

Abstract

ORELLANA, Jesem D. Y. et al. Prevalência e fatores associados à anemia em mulheres indígenas Suruí com idade entre 15 e 49 anos, Amazônia, Brasil. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2011, vol.11, n.2, pp. 153-161. ISSN 1519-3829.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292011000200006.

OBJETIVOS: investigar a prevalência e os fatores associados à ocorrência de anemia em mulheres indígenas Suruí com idade entre 15 e 49 anos. MÉTODOS: estudo transversal realizado a partir de levantamento censitário em 2005 na terra indígena Sete de Setembro, localizada em Rondônia, Brasil. A dosagem de hemoglobina (Hb) foi realizada pelo aparelho β-hemoglobinômetro portátil. Pontos de corte de anemia: Hb <12,0 g/dL nas não gestantes; Hb <11,0 g/dL nas gestantes. Dados demográficos e de status socioeconômico (SSE) foram obtidos por meio da aplicação de questionário padronizado. A primeira etapa da análise estatística incluiu os testes: qui-quadrado; qui-quadrado de tendência linear; t de Student; linearidade e análise de variância. Na segunda etapa, o modelo logístico final foi ajustado. RESULTADOS: a prevalência global de anemia nas não gestantes foi de 67,3% e nas gestantes de 81,8%. A análise multivariada demonstrou que as mulheres com um ou dois filhos anêmicos com idade entre 6 e 35 meses tiveram três vezes mais chances de serem anêmicas; mulheres do estrato SSE baixo apresentaram 3,5 vezes mais chance de serem anêmicas. A chance de uma mulher Suruí do SSE baixo ter anemia aumentou em 26% em relação às do estrato SSE alto. CONCLUSÕES: a anemia é um grave problema de saúde nas mulheres Suruí e é influenciada por características familiares/domiciliares, incluindo descendentes com anemia e condições socioeconômicas. Argumenta-se que medidas de tratamento e prevenção voltadas ao controle da anemia nos Suruí devem considerar tais fatores.

Keywords : Anemia; Estudos transversais; Estado nutricional; Saúde da mulher; Índios sulamericanos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese