SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número3Prevalência e fatores associados a indicadores negativos de saúde mental em adolescentes estudantes do ensino médio em Pernambuco, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil

versão impressa ISSN 1519-3829

Resumo

BARBOSA, Leila Maria Alvares; LOS, Deniele Bezerra; SILVA, Ivson Bezerra da  e  ANSELMO, Caroline W. S. Ferreira. Eficácia do biofeedback no tratamento de mulheres com incontinência urinária de esforço: revisão sistemática. Rev. Bras. Saude Mater. Infant. [online]. 2011, vol.11, n.3, pp. 217-225. ISSN 1519-3829.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-38292011000300002.

OBJETIVOS: verificar se os exercícios para a musculatura do assoalho pélvico (MAP) associados ao biofeedback promovem maior eficácia no tratamento da incontinência urinária de esforço em mulheres, quando comparados a cinesioterapia de forma isolada. MÉTODOS: foi realizada uma pesquisa dos artigos publicados nos últimos 20 anos, nas bases de dados Lilacs, PubMed e SCIRUS, através dos descritores "urinary incontinence, stress" e "biofeedback". Foram incluídos ensaios clínicos aleatorizados que utilizaram como intervenção exercícios para a MAP isolados e associados ao biofeedback, de forma comparativa. RESULTADOS: foram incluídos três ensaios clínicos randomizados envolvendo 169 pacientes. O fisioterapeuta foi responsável por conduzir o tratamento utilizando biofeedback eletromiográfico ou pressórico, e os exercícios foram realizados no ambulatório ou orientados para casa. Verificou-se heterogeneidade quanto ao método de avaliação, tempo de tratamento e protocolos utilizados. As análises estatísticas e os índices de cura/melhora foram semelhantes entre os grupos dos artigos analisados. Dois estudos obtiveram pontuação igual a oito e o terceiro alcançou seis pontos de acordo com a Escala PEDro. CONCLUSÕES: a análise dos estudos encontrados sugere que a adição do biofeedback aos exercícios perineais parece não promover diferença significativa para o sucesso do tratamento, quando comparado aos exercícios perineais realizados de forma isolada.

Palavras-chave : Incontinência urinária de esforço; Biorretroalimentação; Terapia por exercício.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês