SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número2Seletividade de inseticidas para o ácaro parasita Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) em Rhyzopertha dominica (Fabr.) (Coleoptera: Bostrichidae)Sand flies fauna involved in the transmission of cutaneous leishmaniasis in Afro-Colombian and Amerindian communities of Choco, Pacific Coast of Colombia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Entomology

versão impressa ISSN 1519-566Xversão On-line ISSN 1678-8052

Resumo

SILVA, Juliana J. da; MENDES, Júlio  e  LOMONACO, Cecília. Estresse por diflubenzurom no desenvolvimento de Haematobia irritans (L.) (Diptera: Muscidae). Neotrop. Entomol. [online]. 2004, vol.33, n.2, pp.249-253. ISSN 1678-8052.  https://doi.org/10.1590/S1519-566X2004000200017.

Este trabalho teve como objetivo verificar o efeito de concentrações sub-letais do regulador de desenvolvimento de insetos (IGR), diflubenzurom, no tamanho e na estabilidade do desenvolvimento da mosca-dos-chifres, Haematobia irritans (L.), por meio da análise de assimetria flutuante (AF). Adultos criados em substratos com diferentes concentrações sub-letais de diflubenzurom e em meios-controle foram submetidos a medidas morfométricas. Utilizou-se a análise de componentes principais para se obter um índice multivariado de tamanho, a partir de uma matriz de correlação dos caracteres originais. Os níveis de AF e o índice multivariado de tamanho foram comparados entre os tratamentos. Contrariamente ao esperado, a exposição ao diflubenzurom não resultou em aumento significativo e proporcional às concentrações utilizadas nos níveis de AF entre os tratamentos. Entretanto, a redução no tamanho devido ao efeito deste IGR pode estar refletindo a capacidade de H. irritans de realizar ajustes fisiológicos e morfológicos, de modo que os fenótipos compensem, pelo menos até certo ponto, as condições ambientais de estresse. Há ainda a possibilidade de o IGR estar selecionando indivíduos mais simétricos e resistentes. Do ponto de vista do controle de pragas, a redução no tamanho de indivíduos submetidos a concentrações sub-letais deste IGR pode ser vantajosa, uma vez que tamanho está usualmente diretamente relacionado à aptidão do indivíduo.

Palavras-chave : Insecta; controle de pragas; mosca-dos-chifres; regulador de crescimento; assimetria flutuante.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons