SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número4Análise espacial e temporal de insetos-praga em estrutura armazenadora de arrozImpacto de sistemas de cultivo na população e danos de Dichelops melacanthus (Dallas) (Heteroptera: Pentatomidae) e seu controle químico em trigo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Neotropical Entomology

versão impressa ISSN 1519-566X

Resumo

SANTOS, Karen B. dos; NEVES, Pedro M.J.  e  SANTOS, Walter J. dos. Resistência de cultivares de algodoeiro ao vírus do Mosaico das Nervuras transmitido pelo pulgão Aphis gossypii (Glover) (Hemiptera: Aphididae). Neotrop. Entomol. [online]. 2004, vol.33, n.4, pp. 481-486. ISSN 1519-566X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-566X2004000400013.

O pulgão Aphis gossypii Glover é vetor da Virose Mosaico das Nervuras (V.M.N.), que pode ocasionar na cultura do algodoeiro, produção reduzida ou nula. O objetivo do estudo foi identificar cultivares de algodoeiro resistentes a V.M.N. quando expostas à ação de pulgões. Os experimentos foram conduzidos na fazenda experimental do Instituto Agronômico do Paraná, IAPAR, Londrina, PR, sendo o delineamento estatístico em blocos casualizados. As cultivares comparadas foram: Delta Opal, Deltapine A90, CNPA ITA 90, Coodetec 401, IAC 22, IPR 95, IPR 96 e IPR 94. Para avaliação foram selecionadas 25 plantas observando-se a presença de pulgões e sintomas de V.M.N. Dois experimentos foram realizados nas mesmas condições, sendo que em um deles realizaram-se aplicações de inseticidas, para o controle dos pulgões, quando sua presença foi constatada em 10% das plantas. O outro experimento não recebeu aplicação de inseticidas para controle de pulgões. A presença do vetor foi constatada em plantas de todas as cultivares. Observou-se que, mesmo com menor infestação de pulgões na cultivar CNPA ITA 90, ocorreram elevados índices de V.M.N. com redução de 68% da produção quando comparada com Delta Opal. As cultivares Delta Opal e Coodetec 401 mostraram-se muito resistentes a V.M.N. pela ausência de plantas com sintomas, IAC 22 foi susceptível, enquanto Deltapine A90 e CNPA ITA 90 foram muito susceptíveis. Os inseticidas ofereceram proteção razoável à ação do vetor, mas os dados permitem inferir que em áreas com elevados níveis de infecção de V.M.N., o método de controle mais adequado seria a adoção de cultivares resistentes à enfermidade como Delta Opal e Coodetec 401.

Palavras-chave : Insecta; doença virótica; praga do algodão; Gossypium hirsutum.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português