SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número4Análise espacial e temporal de insetos-praga em estrutura armazenadora de arrozImpacto de sistemas de cultivo na população e danos de Dichelops melacanthus (Dallas) (Heteroptera: Pentatomidae) e seu controle químico em trigo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Neotropical Entomology

versão impressa ISSN 1519-566Xversão On-line ISSN 1678-8052

Resumo

SANTOS, Karen B. dos; NEVES, Pedro M.J.  e  SANTOS, Walter J. dos. Resistência de cultivares de algodoeiro ao vírus do Mosaico das Nervuras transmitido pelo pulgão Aphis gossypii (Glover) (Hemiptera: Aphididae). Neotrop. Entomol. [online]. 2004, vol.33, n.4, pp.481-486. ISSN 1519-566X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-566X2004000400013.

O pulgão Aphis gossypii Glover é vetor da Virose Mosaico das Nervuras (V.M.N.), que pode ocasionar na cultura do algodoeiro, produção reduzida ou nula. O objetivo do estudo foi identificar cultivares de algodoeiro resistentes a V.M.N. quando expostas à ação de pulgões. Os experimentos foram conduzidos na fazenda experimental do Instituto Agronômico do Paraná, IAPAR, Londrina, PR, sendo o delineamento estatístico em blocos casualizados. As cultivares comparadas foram: Delta Opal, Deltapine A90, CNPA ITA 90, Coodetec 401, IAC 22, IPR 95, IPR 96 e IPR 94. Para avaliação foram selecionadas 25 plantas observando-se a presença de pulgões e sintomas de V.M.N. Dois experimentos foram realizados nas mesmas condições, sendo que em um deles realizaram-se aplicações de inseticidas, para o controle dos pulgões, quando sua presença foi constatada em 10% das plantas. O outro experimento não recebeu aplicação de inseticidas para controle de pulgões. A presença do vetor foi constatada em plantas de todas as cultivares. Observou-se que, mesmo com menor infestação de pulgões na cultivar CNPA ITA 90, ocorreram elevados índices de V.M.N. com redução de 68% da produção quando comparada com Delta Opal. As cultivares Delta Opal e Coodetec 401 mostraram-se muito resistentes a V.M.N. pela ausência de plantas com sintomas, IAC 22 foi susceptível, enquanto Deltapine A90 e CNPA ITA 90 foram muito susceptíveis. Os inseticidas ofereceram proteção razoável à ação do vetor, mas os dados permitem inferir que em áreas com elevados níveis de infecção de V.M.N., o método de controle mais adequado seria a adoção de cultivares resistentes à enfermidade como Delta Opal e Coodetec 401.

Palavras-chave : Insecta; doença virótica; praga do algodão; Gossypium hirsutum.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons