SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue1Populational dynamics of mites (Acari) in the mate-tea tree (Ilex paraguariensis St. Hil.: Aquifoliaceae)Susceptibility of guava genotypes to natural infestation by Anastrepha spp. (Diptera: Tephritidae) in the municipality of Monte Alegre do Sul, state of São Paulo, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Neotropical Entomology

Print version ISSN 1519-566XOn-line version ISSN 1678-8052

Abstract

DE VIS, Raf M.J.; MORAES, Gilberto J. de  and  BELLINI, Marcos R.. Ácaros (Acari) da seringueira (Hevea brasiliensis Muell. Arg., Euphorbiaceae) em Piracicaba, SP. Neotrop. Entomol. [online]. 2006, vol.35, n.1, pp.112-120. ISSN 1519-566X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-566X2006000100015.

Foram determinadas as principais espécies de ácaros que ocorrem em seringueira (clone RRIM-600) em Piracicaba, SP, de junho de 2002 a maio de 2003 e avaliadas as relações entre elas. O estudo foi realizado numa plantação de 5 ha com arvores de 11 anos de idade e 15 m de altura, circundada de cultivos de milheto, algodão, milho ou feijão. As amostras foram coletadas mensalmente e consistiram de cinco folíolos, cinco pecíolos (a partir de outubro de 2002) e cinco extremidades de ramos (10 cm de comprimento) de 15 seringueiras. Todos os ácaros de um dos cinco folíolos, pecíolos e ramos de cada árvore foram montados para identificação até gênero/espécie para estimar a ocorrência proporcional de cada espécie. Foram encontrados 84.850 ácaros pertencentes a 38 espécies de 34 gêneros e 16 famílias. Tydeidae foi a família com maior número de espécies (11), seguida por Phytoseiidae e Stigmaeidae (4 cada). As famílias mais abundantes foram Eriophyidae, Tenuipalpidae e Tydeidae (totais de 43.023, 26.390 e 13.644 indivíduos, respectivamente). Os maiores níveis populacionais dos ácaros-praga Calacarus heveae Feres e Tenuipalpus heveae Baker ocorreram no final da estação chuvosa. Os predadores mais abundantes foram Metaseiulus camelliae (Chant & Yoshida-Shaul), Amblyseius compositus Denmark & Muma e Euseius citrifolius Denmark & Muma. Os predadores não conseguiram evitar o aumento populacional de C. heveae e T. heveae a partir de março. No entanto, a presença daqueles predadores pode ter evitado o surgimento mais precoce e níveis ainda maiores daqueles ácaros-praga.

Keywords : Ecologia; manejo de pragas; controle biológico.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License