SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número6Dípteros de interesse forense em dois perfis de vegetação de cerrado em Uberlândia, MGPersea schiedeana (Lauraceae), a new host of Heilipus lauri Boheman (Coleoptera: Curculionidae) in Veracruz, Mexico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Neotropical Entomology

versão impressa ISSN 1519-566X

Resumo

VARGAS, André B et al. Teste da regra de equivalência energética para formigas de serapilheira: efeitos de diferentes métodos de estimativa de abundância em floresta ombrófila. Neotrop. entomol. [online]. 2009, vol.38, n.6, pp. 867-870. ISSN 1519-566X.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-566X2009000600023.

A regra de equivalência energética (REE) propõe que o uso de energia independe do tamanho corporal da espécie. O tamanho e a abundância de formigas da serapilheira, coletadas em floresta ombrófila usando armadilhas pitfall e extrator de Winkler, foram usados no teste da REE. Os dados de abundância obtidos da extração de Winkler confirmaram a REE, enquanto os dados provenientes das armadilhas pitfall rejeitaram. A combinação das abundâncias estimadas pelas duas técnicas tanto aceitou quanto rejeitou a REE. Estudos posteriores deveriam focar a interação entre a técnica de coleta e o tipo de habitat no teste da REE para comunidades de formigas.

Palavras-chave : Macroecologia; tamanho corporal; pitfall; extrator de Winkler.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português