SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número4As enfermidades da sociedade: Aproximação a um conceito quase impossívelAlém da distribuição: A teoria ética da justiça de Honneth índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

BRUNKHORST, Hauke. Propriedade privada, crítica da reificação e a socialização dos meios de produção. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2015, vol.15, n.4, pp.595-618. ISSN 1984-7289.  http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2015.4.22521.

O problema de uma sociedade que se baseia na propriedade privada dos meios de produção consiste nas condições desiguais e injustas de geração de riqueza econômica e de poder político. No conceito burguês de propriedade privada combinamse a reificação de conceitos universais com os interesses de classe do capital. A Filosofia do direito, de Hegel, exemplifica isso de modo paradigmático. No presente texto é feita uma tentativa de mostrar que a ideia do socialismo democrático, que interconecta a socialização dos meios de produção com a dominação política exercida pelos dominados, de modo algum é uma utopia extravagante. Embora as chances de realizá-la atualmente sejam poucas, a ideia de um socialismo democrático ainda é uma alternativa viável.

Palavras-chave : Justiça distributiva; Reificação; Emancipação; Democracia; Socialismo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )