SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número4Propriedade privada, crítica da reificação e a socialização dos meios de produçãoDesreconhecimento, progresso moral e “desordens de segunda ordem”: Sobre a nova teoria do reconhecimento de Axel Honneth índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

CARRA, Louis. Além da distribuição: A teoria ética da justiça de Honneth. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2015, vol.15, n.4, pp.619-630. ISSN 1984-7289.  https://doi.org/10.15448/1984-7289.2015.4.22524.

Neste artigo, o autor considera a crítica que Axel Honneth formulou contra o modelo de justiça distributiva do qual Rawls é hoje um dos mais importantes representantes teóricos. Depois de ter delineado os três principais limites do “paradigma distributivo” (em termos de procedimentalismo, atomismo e estado-centrismo), o texto discute então o contra-modelo de teoria da justiça de Honneth. A teoria “ética” da justiça de Honneth consiste num “reconhecimento normativo” das “instituições de reconhecimento”, que permitem aos indivíduos experimentarem certas formas de “liberdade social” baseada no reconhecimento recíproco. Como conclusão, o autor trata de algumas das dificuldades associadas com a teoria “ética” da justiça de Honneth.

Palavras-chave : Axel Honneth; Teoria da justiça; Distribuição; Reconhecimento; Liberdade; Democracia; Rawls.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )