SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número4Desreconhecimento, progresso moral e “desordens de segunda ordem”: Sobre a nova teoria do reconhecimento de Axel HonnethReconstrução normativa em Axel Honneth e os múltiplos justos do mercado de trabalho índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

SIMIM, Thiago Aguiar. A justiça das instituições sociais: Uma crítica da reconstrução normativa de O direito da Liberdade de Axel Honneth. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2015, vol.15, n.4, pp.648-663. ISSN 1984-7289.  https://doi.org/10.15448/1984-7289.2015.4.20526.

Este texto tem como propósito analisar a construção crítica teórica de Axel Honneth das instituições sociais como efetivação da liberdade social que oferece condições para a autorrealização e a justiça. O método do trabalho consiste em se realizar a leitura interna do desenvolvimento na obra do autor à luz de sua consonância com a teoria crítica. Como conclusão discute-se em que medida o progresso moral dessas instituições se relaciona com a efetivação de seu princípio interno, de forma imanente, ou de uma pressão externa normativa da igualdade a partir do direito e da democracia.

Palavras-chave : Instituições sociais; Justiça; Reconhecimento; Liberdade social; Axel Honneth.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )