SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número4Cidadania, reconhecimento e ação afirmativa no ensino superior índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

DANNER, Leno Francisco. A evolução democrática entre institucionalização e espontaneidade: Pesos e medidas da política democrática contemporânea. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2015, vol.15, n.4, pp.e174-e190. ISSN 1984-7289.  https://doi.org/10.15448/1984-7289.2015.4.23254.

Criticarei o peso excessivo dado à institucionalização como o cerne da dinâmica democrática contemporânea, correlatamente à minimização do peso conferido à espontaneidade das iniciativas cidadãs e dos movimentos sociais enquanto sujeitos políticos capazes de conduzir democraticamente processos políticos decisórios e de gerir campos específicos da vida social de modo autônomo. Isso leva à redução da política democrática à política representativa e à monopolização do poder político nos partidos políticos. Daqui surge o problema mais grave que é necessário enfrentar hodiernamente: a profunda imbricação entre instituições políticas, partidos políticos e oligarquias econômicas, baseada na centralidade da institucionalização em relação à espontaneidade como a base da democracia. Defenderei que a superação desse problema necessita inverter tal dinâmica, de modo que a espontaneidade das iniciativas cidadãs e dos movimentos sociais ganhe primazia em relação ao institucionalismo, o que implica na descentralização dos processos políticos decisórios e de formas de gestão da vida social.

Palavras-chave : Modernização; Institucionalismo; Espontaneidade; Democracia; Poder.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )