SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número1As causas de ações violentas de mulheres jovensMulheres como autoras de violência: Evidências e agenda de pesquisa índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

RATTON, José Luiz  e  GALVAO, Clarissa. Para além da maldade, da loucura e da vitimização: Agência intencional e volição em crimes violentos praticados por mulheres. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2016, vol.16, n.1, pp.26-41. ISSN 1984-7289.  https://doi.org/10.15448/1984-7289.2016.1.22365.

A literatura criminológica tem apontado há muitos anos que as mulheres matam muito mais raramente que os homens. O argumento central deste texto propõe que os assassinatos cometidos por mulheres não podem ser explicados deterministicamente por transtornos mentais ou processos de vitimização, antigos ou recentes. Sem excluir a eventualidade da existência de tais mecanismos psicossociais, buscamos discutir a ideia de que as mulheres também matam de forma deliberada, em atos que envolvem vontade (ou volição), intencionalidade, racionalidade, emoções como raiva e ódio, que podem estar associados de forma relativamente autônoma a processos de vitimização remotos ou recentes e mesmo a transtornos mentais passageiros ou permanentes.

Palavras-chave : Violência praticada por mulheres; Vitimização; Psiquiatrização; Volição; Agência.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )