SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número2Noções de fronteira na teoria e práxis do regionalismo: Uma visão crítica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

SANTANDER, Sebastian. O regionalismo em uma economia multipolar globalizada. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2018, vol.18, n.2, pp.228-244. ISSN 1984-7289.  https://doi.org/10.15448/1984-7289.2018.2.29836.

Este artigo focaliza o estudo das organizações regionais e analisa o fenômeno através da disciplina de relações internacionais e, em particular, da economia política internacional. Considera-se que as regiões ocupam um lugar intermediário entre o estado e a ordem global. O objetivo central deste trabalho é avaliar como as regiões são afetadas por fatores sistêmicos. Portanto, a pergunta sobre a qual se baseia esta reflexão é: como as mudanças mundiais estão dando forma às organizações regionais? Este tema dá origem a um segundo que se refere à capacidade das regiões para enfrentar os desafios e as dificuldades resultantes de fatores mundiais. As duas variáveis sistêmicas estudadas aqui em relação ao regionalismo são a globalização e a multipolaridade.

Palavras-chave : Globalização; Competição regional; Multipolaridade.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )