SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número3Chaves para problematizar o conceito de institucionalização em estudos disciplinares: Uma revisão crítica da proposta conceitual de David AltmanDesigualdade de gênero, internacionalização e trajetórias acadêmicas na Ciência Política: Evidências no Brasil e no Uruguai índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Civitas - Revista de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 1519-6089versão On-line ISSN 1984-7289

Resumo

MARENCO, André. Ciência Política como vocação: Profissionalização de doutores em Ciência Política no Brasil, 1996-2014. Civitas, Rev. Ciênc. Soc. [online]. 2019, vol.19, n.3, pp.523-544.  Epub 27-Jan-2020. ISSN 1984-7289.  https://doi.org/10.15448/1984-7289.2019.3.32941.

O problema que orienta este texto consiste em analisar se a expansão da Ciência Política no Brasil – sob a forma de instituições acadêmicas, associações científicas, produção intelectual e formação de novas gerações de pesquisadores – foi acompanhada pela absorção dos novos doutores formados nessas instituições, no mercado profissional. Para isso, concentra o seu foco na observação sobre os doutores em Ciência Política e Relações Internacionais, titulados pelas instituições de pós-graduação nacionais entre 1996 e 2014. Busca-se analisar as oportunidades de profissionalização após a conclusão do doutorado, considerando emprego, renda, setores de atividade profissional e circulação geográfica entre mestrado/doutorado/emprego.

Palavras-chave : Doutores em Ciência Política; Oportunidades de carreira; Pós-graduação; Profissionalização; Ciência Política.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )