SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 número3Influência de fatores abióticos na eclosão dos ovos efipiais de Moina micrura Kurz, 1874 (Crustacea: Cladocera)Ciliados planctônicos de um lago oligotrófico dos Andes do Sul, Lago Morenito (Patagônia, Argentina) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

UIEDA, V. S.  e  UIEDA, W.. Composição e distribuição espacial de uma comunidade de peixes da costa leste do Brasil: comparação de duas metodologias de estudo de campo. Braz. J. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.3, pp.377-388. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842001000300006.

A composição e a distribuição espacial de uma comunidade de peixes foram estudadas em três trechos de um rio na costa leste do Brasil: um trecho de corredeiras (superior), um trecho de planície (médio) e outro de mangue (inferior). Dois métodos foram empregados com o objetivo de estimar sua eficiência em estudos naturalísticos de comunidades de peixes tropicais. Um dos métodos consiste em observações subaquáticas e o outro é caracterizado por capturas com o emprego de apetrechos, como covos, peneiras, vara e anzol. Os dois métodos mostraram que sua eficiência depende das características do ambiente e da biologia das espécies. Em trechos com elevada transparência da água, correnteza forte, substrato rochoso e sem vegetação marginal submersa (trecho superior), o emprego de equipamentos tradicionais é relativamente ineficiente, apesar de oferecer excelentes condições para observação subaquática. Em trechos com elevada transparência da água, correnteza forte e vegetação marginal submersa abundante (planície e mangue), os apetrechos de coleta oferecem bons resultados, principalmente se acoplados ao método de observação subaquática. Se as características abióticas do rio se alteram longitudinalmente, nos estudos acerca da composição e da distribuição da ictiofauna é apropriado o emprego de diferentes métodos de estudo, a fim de reduzir as falhas impostas pelas metodologias de coleta empregadas em ambientes de água corrente.

Palavras-chave : riacho costeiro; distribuição espacial; composição de espécies; comunidade de peixes; observação subaquática.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons