SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Distribution of fish assemblages in Lajes Reservoir, Rio de Janeiro, BrazilWhat is so special about mangroves? author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Biology

Print version ISSN 1519-6984

Abstract

PANARELLI, E. A.; NOGUEIRA, M. G.  and  HENRY, R.. Variabilidade em curto prazo na abundância de copépodos na Represa de Jurumirim, São Paulo, Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.4, pp. 577-598. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842001000400007.

O presente estudo examinou a variabilidade na composição e na abundância das populações de copépodos, em dois períodos do ano, seco (inverno) e chuvoso (verão), na região da barragem da Represa de Jurumirim, São Paulo, Brasil. Foram realizadas coletas a cada 48 horas, durante 30 dias, em cada período; a amostragem da comunidade e as medidas das variáveis ambientais foram feitas a 0, 5, 10, 15, 20 e 25 metros de profundidade. As relações entre a variabilidade das populações e alguns fatores ambientais foram analisadas. As principais espécies encontradas foram: Argyrodiaptomus furcatus (Sars), Notodiaptomus iheringi (Wright), Mesocyclops longisetus (Thiébaud), Thermocyclops decipiens (Fischer) e T. minutus (Lowndes). Thermocyclops minutus foi a espécie mais abundante no período seco e sua densidade variou significativamente entre os dias de amostragem. Ocorreu um grande aumento na abundância de Calanoida durante a estação chuvosa. Esse aumento foi correlacionado a maiores valores de temperatura. Nessa época, Notodiaptomus iheringi foi dominante, a densidade dessa espécie apresentou variações de curto prazo significativas em ambos os períodos de estudo. Variações significativas na densidade das populações dentro de um mesmo período de estudo podem ser resultado do padrão de dispersão das populações ou da substituição contínua das massas de água. Foram observadas correlações significativas entre a abundância de copépodos e a temperatura, especialmente para as espécies de Calanoida; também foram observadas correlações entre algumas espécies de copépodos e alguns táxons fitoplanctônicos, principalmente durante a estação seca. Durante a época chuvosa, notaram-se evidências de segregação espacial entre as espécies de Cyclopoida e Calanoida; os Cyclopoida, algumas vezes, foram encontrados em maior densidade na camada mais profunda da coluna d'água.

Keywords : variabilidade de curto prazo; Copepoda; Calanoida; Cyclopoida; reservatório tropical.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English