SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Biology of Anicla infecta (Ochsenheimer, 1816) (Lepidoptera, Noctuidae, Noctuinae), under laboratory conditionsThe effect of treatment with melatonin upon the ultrastructure of the mouse pineal gland: a quantitative study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Biology

Print version ISSN 1519-6984

Abstract

DIEHI, E.; ARAUJO, A. M. de  and  CAVALLI-MOLINA, S.. Variabilidade genética e estrutura social das colônias de Acromyrmex heyeri e A. striatus (Hymenoptera, Formicidae). Braz. J. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.4, pp. 667-678. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842001000400017.

A estrutura de cruzamento de colônias e populações de insetos sociais pode ser observada por análise genética. Assim, colônias de formigas cortadeiras Acromyrmex heyeri e A. striatus (Myrmicinae, Attini) foram analisadas para os sistemas isoenzimáticos MDH, a-GPDH e AMY, a fim de descrever sua variabilidade genotípica e estrutura social. Foram investigados cinco locos (três para amilase e um para cada outro sistema), em 97 colônias de A. heyeri e 103 de A. striatus, amostradas em diversas localidades do Rio Grande do Sul. Os genótipos encontrados indicaram a ocorrência de monoginia e poliginia associadas ou não à poliandria, indicando que a organização social é colônia específica. Tanto a poliginia quanto a poliandria são responsáveis pela grande diversidade genotípica das colônias. O coeficiente de endocruzamento médio por colônia foi mais alto em A. striatus do que em A. heyeri e pode refletir os diferentes padrões de produção dos indivíduos sexuados e de vôo nupcial das duas espécies.

Keywords : Attini; polimorfismo genético; estrutura de cruzamento; formigas cortadeiras.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English