SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Genetic variability and social structure of colonies in Acromyrmex heyeri and A. striatus (Hymenoptera: Formicidae)Androlaelaps marmosops (Acari: Laelapidae), a new species associated with the mouse opossum, Marmosops incanus (Lund, 1840) in the Atlantic Forest of Rio de Janeiro State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Biology

Print version ISSN 1519-6984

Abstract

REDINS, G. M.; REDINS, C. A.  and  NOVAES, J. C.. Efeito do tratamento com melatonina sobre a ultra-estrutura da glândula pineal do camundongo: estudo quantitativo. Braz. J. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.4, pp. 679-684. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842001000400018.

A fim de avaliar a implicação da melatonina no controle de sua própria secreção pelos pinealócitos, utilizamos técnicas morfométricas aplicadas à microscopia eletrônica de transmissão. Em camundongos tratados com doses subcutâneas diárias de 100 mg de melatonina (5-metoxi-N-acetil-triptamina) observamos uma diminuição do número e da densidade volumétrica dos lisosomos nos pinealócitos. Esses resultados mostram que a melatonina atua sobre a própria glândula pineal, participando de um complexo mecanismo regulador da secreção nos pinealócitos.

Keywords : glândula pineal; melatonina; ultra-estrutura.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English