SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Notes on the coati, Nasua nasua (Carnivora: Procyonidae) in an Atlantic Forest area author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Brazilian Journal of Biology

Print version ISSN 1519-6984

Abstract

SANTOS, B. A. et al. Efeito dos fungos micorrízicos arbusculares e dos níveis de fósforo no solo sobre a expressão de proteínas e a atividade da peroxidase em raiz de maracujazeiro-amarelo. Braz. J. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.4, pp. 693-700. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842001000400021.

O efeito da inoculação micorrízica e de crescentes níveis de P no solo sobre a expressão de proteínas e a atividade da peroxidase foi avaliado em raízes de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.). O arranjo experimental foi feito totalmente ao acaso com quatro tratamentos de inoculação com fungos micorrízicos arbusculares, FMA (a - controle, b - Gigaspora albida, c - Scutellospora heterogama e d - mistura de G. albida, S. heterogama, G. margarita e Glomus clarum) × três níveis de P no solo (4, 11 e 30 mg/dm3 de solo) com três repetições. As plantas foram colhidas aos 70 dias de inoculação, para avaliação da colonização micorrízica, determinação do P na parte aérea, estimativa do conteúdo protéico e avaliação da atividade enzimática da peroxidase (em gel de poliacrilamida - PAGE - 7%) nos extratos radiculares. Nos valores de proteína, não houve diferença significativa, exceto entre as raízes tratadas com inóculo misto e 11 mg de P/dm3 de solo e as plantas crescidas com G. albida em solo com 30 mg de P/dm3 de solo. Observou-se influência destacada do P sobre a concentração protéica, quando comparado com o efeito fúngico. Para peroxidase, evidenciou-se a formação de uma banda eletroforética comum a todos os tratamentos (rf: 0,43) e outra que foi ausente apenas nas plantas não colonizadas, crescidas em solo com menores concentrações de P (rf: 0,46). Não foram notadas bandas micorrízicas específicas nos extratos, mas uma pequena diminuição na intensidade em bandas de plantas não colonizadas. Porém, a raiz controle apresentou uma banda única (rf: 0,33), não presente nos demais extratos, o que demonstra, talvez, um efeito inibitório dos FMA sobre algumas atividades do hospedeiro. Os dados demonstram a influência do nível de P no solo sobre a expressão protéica radicular, sugerindo a influência desse elemento na expressão gênica radicular, bem como nos mecanismos de controle/reconhecimento simbiótico.

Keywords : micorriza; proteínas radiculares; peroxidase; maracujá.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English