SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 número4AOccurrence of Mesocyclops ogunnus Onabamiro, 1957 (Copepoda Cyclopoida) in water bodies of São Paulo State, identified as Mesocyclops kieferi Van de Velde, 1984Biochemical and hematological responses of the banded knife fish Gymnotus carapo (Linnaeus, 1758) exposed to environmental hypoxia índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Brazilian Journal of Biology

versión impresa ISSN 1519-6984versión On-line ISSN 1678-4375

Resumen

MAZON, A. F.; MONTEIRO, E. A. S.; PINHEIRO, G. H. D.  y  FERNADEZ, M. N.. Alterações hematológicas e fisiológicas em Prochilodus scrofa induzidas durante exposição aguda ao cobre. Braz. J. Biol. [online]. 2002, vol.62, n.4a, pp.621-631. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842002000400010.

As alterações hematológicas e fisiológicas em Prochilodus scrofa juvenis foram determinadas após exposição aguda a 20, 25 e 29 mgCu L-1 no meio aquático (pH 7,5; dureza 24,5 mg L-1 como CaCO3) durante 96 h. A exposição a 25 e 29 mgCu L-1 causou aumento significativo nos valores de hematócrito e número de eritrócitos. O aumento no número de eritrócitos foi associado a um aumento na porcentagem de hemoglobina somente nos peixes expostos a 29 mgCu L-1. O aumento nos leucócitos após exposição ao cobre foi significativamente maior nos peixes expostos a 29 mgCu L-1. A porcentagem diferencial de leucócitos apresentou redução significativa nos linfócitos e aumento nos neutrófilos nos peixes expostos a 25 e 29 mgCu L-1, entretanto nenhuma modificação ocorreu na porcentagem de monócitos e trombócitos após a exposição ao cobre. Houve decréscimo significativo na [Na+] e [Cl-] plasmática e redução significativa no pH sangüíneo em peixes expostos a 25 e 29 mgCu L-1, enquanto a [K+] mostrou aumento significativo em peixes expostos a 29 mgCu L-1. A exposição ao cobre provocou distúrbios na regulação iônica, embora a hipertrofia das células-cloreto tenha sido induzida, e as mudanças nos parâmetros hematológicos sugerem resposta compensatória à redução da superfície respiratória das brânquias (lesões no tecido branquial e proliferação celular) de forma a manter a transferência do oxigênio da água para o sangue, permitindo a sobrevivência dos peixes durante a fase de choque da exposição a CL50, pelo menos, sob condições de repouso.

Palabras clave : cobre; parâmetros hematológicos; íons plasmáticos; histopatologia branquial; Prochilodus scrofa.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · Inglés ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons