SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 número2Padrões no uso de recursos alimentares, por duas espécies congenéricas de piranhas (Serrasalmus), na planície de inundação do alto rio ParanáO efeito do tamanho de partícula na lixiviação de Scirpus cubensis Poepp & Kunth índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

BEMVENUTI, C. E.; ROSA-FILHO, J. S.  e  ELLIOTT, M.. Estrutura das associações de macroinvertebrados bentônicos de fundos moles após um derrame de ácido sulfúrico no Porto de Rio Grande, RS, Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2003, vol.63, n.2, pp.183-194. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842003000200003.

A estrutura das associações de macroinvertebrados bentônicos na área do Porto de Rio Grande foi comparada durante e após um derrame de ácido sulfúrico ocorrido em agosto de 1988. Cinco estações de coleta foram amostradas por 4 vezes entre setembro de 1988 e março de 1989. Em cada estação foram tomadas três amostras com um pegador van Veen (0,078 m2). Foram coletadas 22 taxa: Crustacea (9 spp.), Polychaeta (7 spp.) Mollusca (3 spp.), Phoronida (1 sp.), Nemertinea (1 sp.) e Platyelminthea (1 sp.). As associações macrozoobentônicas foram submetidas a impactos de distinta magnitude de acordo com os locais ou períodos das amostragens: 1) impacto imediato, isto é, durante o período de derramamento do ácido, na estação mais próxima (250 m) do ponto de descarga; 2) impacto na estação logo após o período de derramamento, 500 m a jusante do ponto de descarga; e 3) ausência de impacto nas estações mais afastadas do ponto de descarga. Seis meses após o derrame, verificou-se a recuperação da associação de macroinvertebrados bentônicos.

Palavras-chave : macrozoobentos; derrame de ácido; porto; Lagoa dos Patos.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons