SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 número2ACrescimento bacteriano e consumo de COD em uma lagoa costeira tropicalEfeito de pesticidas sobre nitrificação em sedimento de ecossistemas aquáticos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

FIGUEIRA, J. E. C.; CINTRA, R.; VIANA, L. R.  e  YAMASHITA, C.. Padrões espaciais e temporais de diversidade de espécies de aves no Pantanal. Braz. J. Biol. [online]. 2006, vol.66, n.2a, pp.393-404. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842006000300003.

Análises de um levantamento de três anos da avifauna do Pantanal de Poconé indicam que a maioria das espécies residentes e estacionais utiliza dois ou mais tipos de habitats. Estes habitats podem ser ordenados num gradiente de riqueza de espécies e estabilidade (medida pela proporção de espécies estacionais): 1) matas - mais ricas e estáveis; 2) cerrados e pastos - intermediários; e 3) campos inundáveis/aquáticos - menos ricos e menos estáveis. Enquanto a proporção de espécies estacionais nas matas permanece relativamente constante ao longo do ano, há aumento significativo destas espécies nos outros habitats durante a estação seca. A abundância das espécies residentes parece ligada ao uso de maior variedade de habitats. São discutidas possíveis implicações decorrentes da destruição de habitats e perturbações antrópicas na conservação desta comunidade de aves.

Palavras-chave : ciclos de inundação; espécies estacionais; estabilidade de habitat; heterogeneidade de habitats; riqueza e abundância de espécies.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons