SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 número2BO efeito do tamanho de partículas na mineralização de Oxycaryum cubense (Poepp. & Kunth) LyeCaracterísticas edáficas de um cerrado hiperestacional em comparação com um cerrado estacional e um campo úmido: implicações para a estrutura da comunidade vegetal índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

CAPELETI, A. R.  e  PETRERE JR., M.. Migração do curimbatá Prochilodus lineatus (Pisces, Prochilodontidae) na Cachoeira de Emas, no rio Mogi-Guaçu - SP, Brasil. Braz. J. Biol. [online]. 2006, vol.66, n.2b, pp.651-659. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842006000400009.

Neste artigo, contamos os curimbatás na escada de peixes da Cachoeira de Emas, de Outubro/92 a Setembro/93, num dia durante 24h por mês, em diferentes pontos de observação da barragem, durante 5 min a cada hora. A maioria dos peixes (80%) foi observada e contada não na escada de peixes, mas em dois vertedouros adjacentes à sua esquerda, talvez devido ao maior fluxo de água, pois são mais estreitos que a escada. O pico da migração ocorreu em Setembro/Outubro. Inspecionamos o grau de injúria dos peixes a fim de examinar a hipótese de que peixes maiores estariam menos feridos, porém não chegamos a uma conclusão clara. O grau de injúria variou entre diferentes pontos e entre diferentes meses do ano.

Palavras-chave : curimbatá; Prochilodus lineatus; migração de peixes de água doce; cachoeira de Emas; escada de peixes; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons