SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número2Flutuação populacional e distribuição espacial de Alphitobius diaperinus (Panzer) (Coleoptera; Tenebrionidae) em granja avícola de corte em Cascavel, ParanáDistribuição espacial e produção secundária de Copepoda em um reservatório tropical em Barra Bonita, SP, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Brazilian Journal of Biology

versão impressa ISSN 1519-6984versão On-line ISSN 1678-4375

Resumo

LEITE, FPP.; TANAKA, MO.  e  GEBARA, RS.. Variação estrutural da alga parda Sargassum cymosum e seu efeito sobre as assembléias dos anfípodes associados. Braz. J. Biol. [online]. 2007, vol.67, n.2, pp.215-221. ISSN 1519-6984.  http://dx.doi.org/10.1590/S1519-69842007000200006.

A presença de substratos biológicos aumenta a complexidade dos ambientes costeiros, proporcionando maior número de nichos ecológicos para a epifauna vágil. Estudos sobre os efeitos da complexidade estrutural das algas têm enfocado principalmente as espécies presentes entre os seus ramos, porém há poucos dados sobre a influência da variação estrutural intra-específica sobre essa fauna. Neste trabalho, foi analisada a influência da variação da alga parda Sargassum cymosum sobre a estrutura da assembléia de anfípodes entre duas praias com diferentes graus de exposição às ondas, e em cada uma delas, no SE do Brasil. Pelo menos 15 frondes foram individualmente coletadas aleatoriamente nos costões das praias de Fortaleza e Perequê-Mirim, e diversas variáveis (12) foram medidas para cada fronde de alga. Os anfípodes foram identificados e contados. As maiores variações nas características de S. cymosum foram obtidas em cada praia, enquanto que diferenças entre as praias foram principalmente relacionadas ao tamanho das algas. Estas características influenciaram as assembléias de anfípodes de maneira diferente em cada praia, sendo que os maiores efeitos foram atribuídos a variáveis relacionadas com a morfologia das algas como o tamanho do apressório, o número e tamanho dos ramos e a cobertura por organismos coloniais sésseis. Portanto, bancos monoespecíficos de algas não são homogêneos e tanto as diferenças morfológicas como as interações com outros substratos biológicos podem influenciar as assembléias da epifauna vágil.

Palavras-chave : Sargassum cymosum; anfípodes; variação estrutural; morfologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons